segunda-feira, 16 de março de 2015

A importância de se vencer mesmo não jogando....bem.


É óbvio que o Sporting não está a jogar o que já jogou , esta época! Todos o conseguimos ver e constatar. 
É claro que mais que ninguém , Marco Silva, também o vê! No entanto é muito importante vencer mesmo sem jogar bem pois isso nem sempre se vai conseguir.
Todas as equipas têm quebras e maus períodos e essas vitórias têm que continuar para que a equipa acredite que tem mais algo a fazer ou a conquistar. Neste caso temos!!
O Campeonato , apesar de muito difícil, ainda existem hipóteses de perseguirmos o 2º classificado e a Taça de Portugal é um objectivo claro.
A vitória de hoje foi mais que justa apesar do mau futebol praticado, quase no jogo todo. Apesar disso penso que há ilações positivas a tirar deste jogo. Ewerton , por exemplo, mostrou qualidades , Slimani continua a trabalhar para ganhar a sua melhor forma , Adrien ameaça voltar ás suas boas exibições, Rosell tem bons pés e Carrillo continua a mostrar que é um grande jogador só que está exausto. Além disso vencemos e sem sofrer golos!!!
Será que foi assim tão mau o jogo? Sim! Também penso que sim. Pelo menos a 2ª parte foi muito pobre para uma equipa que já fez muito melhor. A meu ver , a equipa está......... muito cansada. 
E esta é uma lição que a equipa técnica tem que aprender porque se cá estiver para a próxima época(espero que sim) não desejamos que volte a acontecer! Algo, fisicamente, não está bem na equipa do Sporting e isso nota-se porque os outros dois rivais nesta altura do campeonato estão com muita força e não quebrados como a nossa equipa! Claro que o Benfica só tem 1 competição mas o FC Porto não , e Lopetegui tem efectuado mais rotação que o Sporting!!
O Sporting já não pressiona como pressionava! E porquê? Porque o nosso meio campo não pode jogar todos os jogos , a época toda! Sim, é verdade , a rotação tem que ser maior e melhor cuidada. O SCP deu o "berro" no jogo com o Wolfsburgo e nem o jogo mais importante era. Depois no Dragão viu-se que não haviam forças para sair da pressão adversária e contra o Nacional e também hoje, notou-se que não havia mais forças para pressionar. A rotação foi feita?? Não! Fez-se umas substituições mas não chega! Os jogadores têm que descansar mas para isso temos que ter jogadores há altura , no banco de suplentes , para os substituírem. Não , penso que haverá um ou dois mas no geral ainda é tudo muito fresquinho!
Também, esta foi a 1ª época de muitos jogadores/técnicos na nossa equipa: Jonathan Silva, Tobias, Ewerton, Paulo Oliveira, Naby Sarr, Rosell, Tanaka, Ryan Gauld , João Mário e equipa técnica. 
Isto não é uma desculpa mas as equipas crescem e aprendem com o passar do tempo e com os erros. Eu já o disse muitas vezes que falta maior rotação aos nossos jogadores. E se com os vários jogadores que há não der para tentar conquistar todas as competições tem que se deixar algumas para trás. Será o caso da Taça da Liga que penso que deverá ser , claramente , uma competição para rodar jogadores e depois tentar dar mais importância ás outras 3 mas com rotação de jogadores. Mas foi o que fizemos e mesmo assim não chegou. Então talvez se tenha que dar menos importância a outra competição! Atenção que esta menor importância não é não querer vencer a competição mas sim, rodar outros jogadores nesses jogos! 
A Liga tem que ser o nosso maior objectivo e se um jogador está cansado o melhor é mesmo não jogar a meio da semana para poder dar o seu melhor , no jogo da Liga.
No meio desta história toda , estão então , os jogos que se vencem mesmo não jogando bem.
Marco Silva , contra os insulares  afirmou: "Foi uma vitória justa do Sporting. O Marítimo teve uma entrada forte, ao passo que nós demorámos uns dez minutos a entrar perante um adversário agressivo e a discutir melhor os lances. Depois conseguimos voltar ao nosso jogo, colocando a bola no chão. Controlámos o encontro até ao intervalo, chegámos ao golo e devíamos ter matado aí com oportunidades flagrantes, uma em especial do João Mário. Na segunda parte não estivemos tão bem porque procurámos controlar com bola mas sem visar a baliza do adversário. Por aí, arriscámos um pouco, porque quisemos estar equilibrados em vez de procurarmos mais o segundo golo. No entanto, o Marítimo não tem uma única oportunidade. Por tudo isto, a vitória é justa. Procuramos sempre ganhar, é essa a nossa obrigação diária. Ganhar sem sofrer golos também é importante e aumenta moral".
O nosso técnico , como já referi, admite que a equipa não atravessa o seu melhor momento da temporada mas dá realce a vencer mesmo não jogando bem: "Vamos trabalhar diariamente para estarmos melhores no jogo seguinte. Temos de melhorar. Neste momento, não temos a qualidade de jogo que fomos apresentando ao longo da temporada. Não vínhamos de um ciclo positivo, por isso, era importante ganhar e há momentos em que é preciso ganhar mesmo não jogando bem".
Marco Silva falou do cansaço na semana passada e é lógico que não o vai andar a repetir muitas vezes para dar moral aos adversários mas esta é a realidade. 
É pena é o nosso Clube não ter ganho mais jogos mesmo não jogando bem pois a maior parte desses jogos deu empate! Talvez falte arriscar mais para se tentar vencer pois um empate é .....uma derrota ou simplesmente falte mais qualidade a esta equipa! 
Outro erro foi o da não contratação de um jogador com as mesmas características de Slimani! Ai que falta fez!!
Se repararem todas as equipas que não criem uma regularidade nas suas exibições , quer: tacticamente, tecnicamente e fisicamente dificilmente chegam com índices altos ao momento de melhor forma. O mais importante é definir um modelo e filosofia de jogo e depois há que garantir que os jogadores tenham sempre, as mesmas condições físicas para se exibirem. Cada fase da época tem um nível diferente e a resposta vem com a evolução da equipa. 
No inicio , será sempre mais difícil , ter os níveis físicos e tácticos sincronizados mas o ideal é ir conseguindo com que os jogadores consigam interiorizar esse tal modelo e filosofia idealizados. São as chamadas rotinas de uma equipa!
Poderíamos pensar em picos de forma mas o fundamental é ir solidificando esse modelo de jogo e filosofia para que possam evoluir tacticamente , tecnicamente e fisicamente para estarem á altura no momento exacto. 
Para mim o Sporting, fisicamente , não esteve há altura desse momento exacto e faltaram-lhe equilíbrios. E estes equilíbrios ganham-se ou não se perdem com jogadores com qualidade e com mais experiência.
Amorsporting sabe que tacticamente quase todos os jogadores sabem qual é o modelo e filosofia do nosso jogo mas fisicamente quase todos foram abaixo naquele jogo com o Wolfsburgo.
Normalmente isso acontece com equipas onde normalmente os jogadores utilizados são quase sempre os mesmos!!
Nestes momentos e também em outros é muito importante conseguir vencer mesmo não jogando ....bem!!

Sem comentários :