terça-feira, 31 de março de 2015

8ª dupla de defesas centrais???


Se existem provas de que algo falhou no planeamento/constituição do plantel do Sporting, o eixo do nosso sector defensivo, é um claro exemplo.
Na próxima jornada , Marco Silva, apresentará a 8ª dupla de defesas centrais da temporada! 
É sintomático, não é ?
Vejamos as duplas já utilizadas: Maurício/Sarr; Paulo Oliveira/Sarr; Paulo Oliveira/Maurício; Paulo Oliveira/Tobis Figueiredo; Tobias Figueiredo/Sarr; Rabia/Sarr; Paulo Oliveira/Ewerton e este fim-de-semana que vem , provavelmente será Tobias Figueiredo/Sarr.
Se destas duplas tirarmos a constituída por Rabia/Sarr veremos que o resto jogou na nossa principal Liga. 
Se desde cedo se via que não existia tranquilidade neste sector , o Sporting, ou por não ter meios financeiros ou por pensar que não seria necessário, não contratou mais nenhum defesa central para colmatar a saída de Marcos Rojo. Paulo Oliveira ainda se identificava com o Clube , Tobias andava pela equipa B e Sarr também acabava de chegar e assim os erros seriam inevitáveis.
Tanta inexperiência e juventude não podem existir num candidato ao titulo Nacional! A 8ª dupla de defesas centrais é a prova disso mesmo! 
Se comparar-mos com os nossos rivais ou com outros grandes Clubes veremos que neste sector não acontecem nem metade destas alterações. Este é um sector que quanto menos se mudar......melhor.
Mas Amorsporting ainda vai mais longe! Se, por um lado, penso, que não ficámos a perder pois Tobias assumiu a titularidade com firmeza e categoria, a venda do brasileiro acarretou um risco elevadíssimo. E isto sabendo que Ewerton vinha lesionado e precisaria de tempo para poder jogar.
Assim...mais uma vez na época, lançámos um jovem ....ás feras!!
Amorsporting falou tanto neste aspecto que o Sporting parece ter feito questão de o fazer só para me dar razão!
E agora como vai ser para a próxima época? Ainda entrará mais algum defesa central ou ficarão só estes 4? Se pelo menos , Naby Sarr, precisa de jogar e deveria ser emprestado , os outros 3 poderiam constituir o núcleo duro do nosso eixo defensivo. 
Ewerton parece-me ser um defesa central pouco faltoso mas muito seguro de si. Poderá formar dupla com Paulo Oliveira uma boa dupla de defesas centrais e serem eles os titulares.
Tobias é jovem e depois de ganhar mais experiência estará melhor preparado para assumir a titularidade da equipa. Não me parece que seja para a próxima época! 
Depois penso que ficará para decidir se o francês será o 4º central , jogar pela equipa B , ser emprestado ou até vendido. Mas acredito que poderá ser emprestado para amadurecer!!
Mas um sector defensivo não funciona só com defesas centrais !
E se, por um lado não me pareça que Rui Patrício saia, os defesas laterais causam alguma apreensão.
Cédric ainda não renovou e se entrar na ultima temporada de contracto o mais óbvio é ser transferido. Ficaríamos com Miguel Lopes e.......Esgaio.
Para a esquerda , Jefferson , que recentemente , esteve em litígio com o nosso presidente poderá ser um dos jogadores a sair apesar de Bruno de Carvalho dizer que está tudo sanado. Se isto acontecer, Jonathan fica numa situação privilegiada e terá que esperar por outro lateral para lutar pela titularidade. Fala-se em Marçal do Nacional da Madeira mas não creio que seja o melhor. 
Claramente preferia que Jefferson não saísse.
Voltamos ao principio em que Amorsporting dizia que quem menos mexer neste sector estará em vantagem. Jogar com Rui Patrício, Miguel Lopes, Ewerton, Paulo Oliveira e Jonathan Silva seria uma nova defesa.
Então devemos pensar com antecedência: será que o SCP será candidato ao titulo com esta defesa? 
Sinceramente , acredito que nesta defesa existe muita qualidade e nada como o trabalho e união para se superar "medos" mas daí a sermos candidatos ........não sei.
Podemos pensar que o argentino será o elo mais fraco desta defesa mas depois de um ano em Alvalade ele estará muito mais consistente e depois de melhorar será bem melhor que Jefferson. Se assim não acreditarem resta ir ao mercado!! Mas como eu digo , o melhor será mesmo a não saída de Jefferson e a contratação de um defesa central mais experiente para o lado de Paulo Oliveira. 
Ah! E já agora..... tentar planear melhor a defesa para que atempadamente exista paz, tranquilidade e.....muita experiência!

UEFA confirma subida de prémios da Champions.


A UEFA confirmou, hoje, na sua 14ª Assembleia Geral da Associação Europeia de Clubes(ECA) , em Estocolmo, que distribuirá mais dinheiro para a Liga Milionária durante as 3 próximas Edições(2015/2018).
Estamos a falar de um reforço de 250 Milhões por época, ou seja, serão 1.257 Milhões de Euros distribuídos  pelos Clubes participantes no próximo triénio.
Um Clube que vença esta prova poderá vir a receber nada menos que: 54,5 milhões sem contar , ainda, com valores das transmissões televisivas.
Depois , para cada um dos Clubes participantes , caberão 12 Milhões de Euros.
Na fase de Grupos , o prémio da vitória sobe para os 1.5 Milhões de Euros enquanto que para o empate o montante mantém-se(500.000€).
A partir de aqui: 
-Apuramento para os oitavos de final ........ mais 5,5 ME
-Apuramento para quartos de final.........mais 6 ME
-Apuramento para as meias finais........mais 7 ME

Por fim , e para quem chega á final e a vence , recebe 15 ME enquanto o vice-campeão receberá 10,5 ME.
É caso para dizer que a crise passa ao lado do futebol , sobretudo de grandes Clubes. Os outros terão que fazer pela vida , que é o caso do nosso Sporting.
Será mesmo uma vantagem cada vez maior participar nesta Liga pois os montantes são mesmo...convidativos.

segunda-feira, 30 de março de 2015

Uri: Quando se sabe que a pressa é inimiga do sucesso.


O jogador catalão que o Sporting adquiriu ao Kansas City , da Major League , falou ao portal "Aqui Berguedà"(LINK) e deixou elogios a William Carvalho demonstrando que a humildade é a base da sua formação.
Uri Rosell, formado nas camadas jovens do Barcelona, vai ter o seu 1º Campus este Verão em Puig-Reig e foi nesse intuito , de o apresentar, que teceu alguns comentários sobre o nosso Clube e sobre a sua adaptação. 
O espanhol que também se dedica á formação de jovens , começando este Verão, afirmou que vive um sonho pelos Leões e sabe que as coisas começam ...com calma: "A verdade é que tem tudo corrido muito bem. O primeiro ano é sempre complicado, porque o futebol é diferente em relação aos Estados Unidos. Mas estou feliz. Joguei 17, 18 jogos e acho que o balanço é positivo. Estreei-me na Liga dos Campeões e na Liga Europa, entrei em estádios que via na televisão em miúdo e desejava lá estar. E até fiz uma assistência para golo, foi uma loucura!"
Depois deixou claros e altos elogios a William Carvalho: "O jogador que actua na minha posição é internacional português e é muito bom, por isso, tenho aprendido muito com ele e, acho eu, ele também tem aprendido comigo".
Quanto aos objectivos do Sporting, Uri , ainda acredita no 2º lugar : "Estamos a poucos pontos do segundo. O objectivo é apanha-los, chegarmo-nos ao topo e entrar na Liga dos Campeões pelo segundo ano consecutivo."
É isso mesmo Uri! Nem só dos jogadores titulares são feitas as equipas!
Os que jogam menos , os que pouco jogam, os que raramente jogam fazem parte de uma equipa que tem processos evolutivos , rotação de jogadores e muitos jogos.
As oportunidades chegarão e estes atletas têm que estar sempre preparados para as aproveitar. Todos têm valor. pois se assim não fosse, não estavam no plantel principal nem tinham sido contratados.
O Espanhol nota-se que sabe jogar e bem com os pés , tem visão de jogo, vai aprimorando a colocar-se melhor na sua posição e acima de tudo sabe que a sua oportunidade chegará. 
Uri Rosell foi contratado para jogar no lugar de William Carvalho e tem feito alguns jogos. Está a ambientar-se ao nosso futebol, ao país , aos colegas, ao Clube, enfim , como ele próprio diz , o 1º ano é sempre complicado!
É esta fase que muitos adeptos ainda não compreendem pois pensam que os jogadores/pessoas são máquinas e estão bem em qualquer lugar só porque recebem bons ordenados. Pois.....não será bem assim.......
Todos os jogadores passam por uma fase de adaptação. É verdade que uns mais que outros e existem casos que nunca resultam. 
Não é o caso de Uri Rosell que aos poucos vai conquistando o seu espaço e que sobretudo é muito importante quando se tem conhecimento destas fases de crescimento e de adaptação.
Força Uri !!

Substituto de Nani, é............Carrillo !!


André Carrillo , jogador internacional peruano, 1,80 m , 23 anos, 73 Kg, extremo direito/esquerdo e avançado , para Amorsporting , é o claro substituto de......... Nani.
O jogador nascido em Lima(Peru) em 14 de Junho de 1991 termina o seu contracto em 2016 mas com a particularidade de poder assinar, livre , por outro emblema a partir de Janeiro desse ano. 
Portanto o tempo urge para chegar a um entendimento favorável a ambas as partes para que o astro peruano continue de Leão ao peito. 
Carrillo efectua neste momento a sua melhor época ao serviço dos Leões e pretende mais condições para renovar contracto com o Sporting. Do muito que se especula o jogador deverá auferir cerca de 30.000€ mensais o que para um jogador com esta categoria é  ....muito pouco. É óbvio que não podemos cometer loucuras mas.......perder um jogador como André Carrillo.......seria catastrófico.
O Sporting e depois de ter recomprado 20 % do seu passe, passou a deter metade dos seus direitos económicos que tem a outra metade num fundo de jogadores propriedade de......Pini Zahavi.
Carrillo transferiu-se do Alianza Lima em Maio de 2011 e a partir de aqui tem sempre subido o seu rendimento o que faz, Amorsporting , achar que o seu ano de afirmação vai mesmo ser em 2015/2016.
Bruno de Carvalho, em recente entrevista a "Record" acredita que , no caso de La Culebra, e apesar de ainda faltarem cerca de 9 meses para ficar livre , haverá muito tempo para se acertar a sua renovação: "Parece pouco tempo, mas ainda é muito. Até lá, haverá ainda muito para fazer. Não me parece que os jogadores do Sporting vão parar aos nossos rivais, mas daremos o nosso melhor".
O camisola 18 dos leões tem efectuado uma fantástica época o que faz elevar os Clubes interessados na sua aquisição e para ajudar , este ano , terá ainda a oportunidade de se valorizar na Copa América, que se disputará entre 11 de Junho e 4 de Julho no Chile.
No caso de não se chegar a um acordo , o nosso Clube terá pensado num valor perto dos 15.000.000€ como valor justo para se poder transferir o jogador mas como é lógico não será nada fácil pois com o contracto quase a acabar as propostas tendem a baixar.
Como se podem ver nas estatísticas do jogador , esta época que ainda não terminou , realizou muitos mais minutos , alinhou em muitos mais jogos a titular e marcou muitos mais golos. 
Agora imaginem este jovem jogador de apenas 23 anos a próxima época que poderá realizar. 
Estando bastante mais inteligente e sabedor do jogo e do esforço que pode realizar em cada jogada o que poderá criar de perigo ás defensivas dos nossos adversários.
Amorsporting não tem dúvidas de que o Sporting deveria realizar mesmo um grande esforço para assegurar que "La Culebra" fique mais tempo no Sporting pois vendo o que ele vale e o que pode fazer, a próxima época com toda a certeza será a sua afirmação no panorama do futebol nacional e internacional.
Carrillo merece um esforço pela nossa parte até porque me parece mesmo muito pouco o que aufere no nosso Clube em comparação a outros jogadores que nem têm sido convocados. 
Quando temos um jogador que apresenta um rendimento com apresenta o peruano penso que poucas dúvida existirão de que este é um jogador fundamental para a nossa equipa. Talvez agora seja a altura de lhe colocar alguma responsabilidade em cima , podendo envergar , em alguns jogos a nossa braçadeira de capitão para que veja que quem está na bancada e no corpo técnico da equipa, confia plenamente nas suas capacidades e de que é um jogador importante para o Clube. 
Amorsporting não tem dúvidas de que centraria a constituição do próximo plantel á volta de elementos nucleares e de que André Carrillo estaria incluído. 
Também não tenho dúvidas de que o jogador está feliz em Alvalade e de sabe que somos candidatos ao titulo , de que possivelmente estaremos, pelo menos , na 3ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões , de que podemos vencer a Taça de Portugal e de que com mais um ou dois jogadores seremos muito mais fortes. Aliás , acreditando nas palavras de seu empresário , Élio Casareto , o jogador está satisfeito em Portugal e quer continuar: "O André já mostrou que tem muito talento, está muito feliz no Sporting e com Marco Silva que lhe dá muita confiança, demonstrando que pode ser titular e ser importante para a época do Sporting. Vamos reunir em breve e depois tomamos uma posição."
Atenção que o jogador ainda vai representar a sua selecção na Copa América deste ano , no Chile, e seria de muito bom tom arrumar esta questão da sua renovação o quanto antes.....

domingo, 29 de março de 2015

Sporting a crescer.......


O Sporting está a crescer mais do que muitos desejariam. Esta sexta-feira foi dia de sportinguismo e foi especial termos inaugurados duas ruas com nomes de ex-glórias do Sporting Clube de Portugal , de termos aberto a casa a todos os adeptos que quisessem praticar com os seus ídolos e de ainda termos lançado a 1ª pedra do nosso Pavilhão João Rocha. 
Ai quando esse dia chegar!! Que emoção vai ser!!
Amorsporting , depois de ter apresentado aqui a grande entrevista do nosso presidente tentou juntar algumas fotos deste dia muito especial para todos os sportinguistas. 
O Sporting está a crescer........


Em Dezembro de 2016 quero estar a inaugurar este Pavilhão para que ,de uma vez por todas, as nossas modalidades tenham uma casa. 
Nesse dia poderemos dizer que o Sporting terá alcançado o patamar de onde nunca deveria ter saído!
Grande dia....sem dúvida!
Cresce Sporting !!

sábado, 28 de março de 2015

Modalidades e Formação: Futsal (M/F)


As nossas Leoas ,em Futsal , continuam a fazer história pois hoje venceram o Ourentã por, 2-1 ao cair do ponto e assim conseguiram uma inédita qualificação para a Final-Four da Taça de Portugal. O jogo que foi disputado no Pavilhão Multiusos de Odivelas foi bem presenciado pelo público leonino que deu uma força ás nossas Leoas. O adversário ocupa o 1º escalão da modalidade mas mesmo assim foram destemidas e conseguiram a vitória. Os nossos golos foram marcados por Nádia Rafaela e por Catarina. O ultimo golo do Sporting foi obtido quando todos já esperavam por um prolongamento e a escassos segundos do final. Parabéns a uma equipa que segue sem perder e agora chega á final-four da Taça de Portugal.
Em masculinos o objectivo de chegar á final-four da Taça de Portugal também foi conseguido. O Sporting brindou o Rio Ave por, 7-2. Os nossos golos foram marcados por: Diogo(3), Fábio Aguiar, João Matos, Miguel Ângelo e Pacheco. Em dia de termos sido considerados o 6º melhor clube do Mundo , em Futsal, conseguimos ser os únicos a colocar as equipas masculina e feminina na Final-Four da Taça de Portugal.
Parabéns Sporting!!

Modalidades e Formação: Juvenis; Iniciados, Andebol e Hóquei em Patins


O Sporting venceu a equipa do Casa Pia por, 2-3 , na 7ª jornada da fase de manutenção da serie D do campeonato nacional de Juvenis. Os golos leoninos foram apontados por Hélder Almeida, Gil Santos e André Franco. O Sporting segue na liderança desta serie.
Os Iniciados do Sporting receberam e venceram , na ultima jornada(10ª) , o Anadia por, 1-0. Com este resultado os nosso iniciados vencem a Série Centro da Fase Intermédia e estão apurados para a Fase Final do Campeonato Nacional de Iniciados.
Em Andebol falhámos a final da Taça de Portugal ao perder no reduto do ABC por, 33-30. A nossa equipa nunca foi capaz de se superiorizar ao clube minhoto que praticamente esteve sempre na frente do marcador. O Sporting esteve muito permeável , pouco agressivo e preferindo um jogo lento.
Em Hóquei em patins não fomos além de um empate a 4 golos, na recepção ao candidato europeu, a Oliveirense.  A 3 jornadas do final do campeonato, o Sporting chegou a estar em vantagem por 3 golos mas o nosso adversário conseguiu empatar. Os nossos golos foram apontados por Tiago Losna, Ricardo Figueira , João Pinto e Poka. Com este resultado o SCP mantém-se na 6ª posição a um ponto de Oliveirense e Óquei de Barcelos, que perdeu com o FC Porto por 7-5. O Valongo venceu a Sanjoanense em casa por 10-4 e aumentou a vantagem para os seus adversários directos, estando com mais seis pontos que os ‘leões’.

O melhor onze dos últimos 20 anos de Bruno de Carvalho.


2º dia de entrevista de Bruno de Carvalho



Labyad- É neste momento uma mera questão técnica. As questões foram ultrapassadas. O Labyad está a evoluir muito positivamente e trata-se apenas de uma mera questão técnica. Os acordos que tinham de ser feitos , estão feito. O tecto salarial do marroquino enquadra-se no plantel do Sporting. O SCP tem um orçamento fixo e, a partir daí, gerimos. Não há propriamente um tecto salarial. Sabemos que há jogadores que o próprio plantel percebe e aceita com base na sua importância. Outros não. Os que não aceitam , resolvemos de uma determinada forma.......

Slimani- Trata-se de um jogador muito importante para a equipa e que tem mais dois anos de contracto com o Sporting e contamos com ele para a próxima temporada.

Ewerton- Vamos ver se exercemos o direito de opção ou não. Tudo vai depender da reunião de preparação da próxima temporada.

Hassan (Rio Ave)- O Hassan(risos)? Nem vou dizer nada porque é uma novela que me agrada.

Ryan Gauld- Acho que as coisas estão a correr dentro da normalidade. Já provou que tem valor . Vamos ver......

Academia- O investimento tem a ver com o seguinte: Esta direcção tem um programa que versa todas as áreas. Temos de ir fazendo os investimentos para cumprir esse programa, que é para 4 anos. Fizemos agora 2 e mesmo assim estamos a ser rápidos. Havia que consolidar as contas e agora começamos a fazer alguns investimentos. Tivemos um coordenador técnico que saiu , tínhamos o Virgílio e o Inácio que tinham muita responsabilidade , mas neste momento estão a entrar pessoas, sobretudo na parte da formação. Eu já tinha dito que não via nenhum drama na Academia , e isso está a ver-se. Hoje a equipa B está nos lugares de cima. Nos juniores, vê-se a evolução e , se ganharmos ao FC Porto passamos para a frente do campeonato. Juvenis- Isso já tinha acontecido quando falei sobre a formação. E nos Juvenis até estamos a falar de um treinador que já cá estava. Aquilo que eu digo é que, se olharmos agora para a Academia e para os resultados dos nossos rivais, se calhar as pessoas já não dizem que a formação está assim tão mal. Isto é o reflexo das medidas que tomámos no inicio da época. Obviamente que não me agradou aquilo que aconteceu na Youth League. Agradou-me o facto dos Juvenis não terem passado? Não . Agradaram-me os jogos que vi da equipa B? Nada. Se acho que temos de melhorar? Tudo! Mas a todos os níveis. Mas o Sporting perdeu a hegemonia e há outro Clube que está nos píncaros da formação? Não é verdade. 

Virgílio - Foi injustiçado ? Sim! Acho que tem sido mouro de trabalho naquilo que é este projecto do Sporting. Mas ele  como eu temos tudo para melhorar. Isso é porque temos ambição, porque se fossemos iguais a outros , se calhar já estava tudo bem, justificávamos com outras coisas.A minha ambição é sempre mais, mais e mais. Mas de vez em quando há que se dar tempo. mas a formação do Sporting está bem,  podia estar melhor sem dúvida , mas isso não é de agora. Vamos tomar medidas para que na próxima época seja melhor? Não tenho duvidas , com decisões e investimentos que queremos fazer. Mas o SCP continua a ser uma equipa com muito futuro, aliás basta olhar para a equipa B e entender os talentos que estão ali próximas da equipa A.

Juve Leo- Estamos atentos á Juve leo. Há motivos extras de preocupação e há uma monitorização mais apertada. Mas , pelo que sabemos houve intervenção da policia. A policia Judiciária sabe aquilo que se está a passar . Por isso , enquanto cidadão. e presidente do SCP estou tranquilo. Toda a gente sabe que esta direcção não vai compactuar com algo que não tenha a ver com o desporto. Estamos atentos.

Fundos- "Não fico surpreendido com a aliança Ibérica". Não me surpreende nada a Aliança Ibérica e explico porquê: a teoria é que os fundos são vitais para aproximar os pequenos dos grandes, mas podemos retirar logo os clubes pequenos porque os fundos não investem nos clubes pequenos, portanto há já uma parte do futebol que não é abençoada pelos fundos. Então vamos para os clubes médios e criamos logo um fosso, porque os clubes pequenos nunca se aproximarão dos clubes médios. Depois se os fundos podem ser utilizados por todos , se um clube médio se aproximar de um grande , este utiliza um fundo e afasta-se outra vez. Isto é uma falácia total. Estamos a dizer que os pequenos são cada vez mais pequenos e eu não gosto do futebol desta forma. Depois temos a falácia dos médios se aproximarem dos grandes, quando isso não é possível porque estes também podem utilizar os fundos para aumentar esse fosso. E depois há ainda uma coisa engraçada: vejo os meus rivais muito na luta e a favor dos fundos , porque os clubes portugueses devem aproximar-se dos grandes , e quando falam dos grandes julgo que se estão a referir aos clubes que costumam ou estão próximos de ganhar a Champions e temos dois exemplos na Liga espanhola , o Barcelona e o Real Madrid. Portanto , quando se juntam os médios com os grandes , só prova aquilo que eu disse. O At. Madrid não foi através dos fundos que foi Campeão. Eles estão é a fazer uma reestruturação naquilo que é capital e tem estado a entrar capital. 
R-Uma reestruturação que passou muito, numa fase inicial, pelo apoio de fundos de investimento....... Mas estão a falar de quê? Dos negócios com os Robertos e os Pizzis, da esquerda para a direita? Esses negócios são porreiros , mas depois é preciso ver se entra ou sai dinheiro. Mas vamos lá falar dos fundos de investimento : a aliança entra a liga portuguesa e a liga espanhola significa que eu tenho razão, os médios nunca se vão aproximar de ninguém. É muito mais uma questão de poderio interno, de acabar com os campeonatos . Porque se os grandes forem cada vez maiores e se os médios se afastarem dos pequenos, os campeonatos são cada vez menos competitivos. se assim for, em Portugal ganham sempre os mesmos e em Espanha igual, são as duas ligas que estão alutar pelos fundos, para que se as coisas continuem iguais. Entretanto, a liga mais poderosa do Mundo, a inglesa, não quer os fundos . Quem tem razão? Se calhar é o Sporting......

Nani- O Nani foi um empréstimo puro, sabíamos disso. Era importante para nós, na perspectiva daquilo que projectamos para esta época. E, na verdade, tem-nos ajudado , por exemplo naquilo que ainda será a possibilidade de conquista da Taça de Portugal e assegurar-mos o acesso á liga dos Campeões seja por via directa ou play-off. A partir daqui não vejo com facilidade que isso se repita. Temos de olhar para o ordenado que aufere , o Clube a que pertence , enfim, acho que nem vale a pena alimentar essa questão. Na próxima época o Nani não estará cá , com muita pena nossa, que gostávamos de o manter mas a todos os níveis é um jogador que não está para aquilo que são as condições do futebol português, não só do Sporting. Mas acredito que ainda vamos ter muitas alegrias juntos.

William Carvalho- Podemos resistir a investidas de outros Clubes. Tem contracto até 2018, portanto, seguro ...está! Desejamos manter todos os jogadores . Mas agora tudo depende daquilo que irá acontecer. Mas isso é no Sporting e em todos os outros Clubes. O valor de William Carvalho é de 45.000.000€. Não digo que só sai por essa verba porque há o presidente e um conselho de administração. Ou 45.000.000€ ou algo que nos permita ter a compreensão  desse mesmo valor. Mas é algo que não estamos minimamente a pensar. Não há necessidade de fazer uma venda. Estamos a falar de um jogador que tem contracto até 2018. Quer se queira quer não , há contractos. Portanto , tudo dependerá das apostas que quisermos fazer. mas tudo pode mudar: podemos querer investir em outro tipo de jogadores, e para isso é preciso dinheiro. Podemos querer investir na Academia , e para isso é preciso dinheiro. As tomadas de decisão fazem com que as respostas não sejam assim tão simples. Tem tudo a ver com aquilo que iremos querer fazer na próxima época. Imagine que tem a intenção de fazer um determinado investimento, indo buscar um jogador que pode custar x. Faz contas e aí pode ter a necessidade de vender um jogador. Á partida não haverá essa necessidade. Mas depende da tal execução de que falamos . A reestruturação é muito boa , mas a execução pode ditar-nos alguma coisa , como dita em qualquer clube.

Shikabala-  Não é muito comum este problema, mas acontece. Não é caso raro , nem em Portugal. Mas estamos a lidar com isso da forma mais normal possível. O jogador não se apresenta, tem um processo ,não recebe, como é óbvio, é um profissional. Certamente vamos encontrar uma solução, mas é pena. Trata-se de um jogador do plantel, que tomou esta opção, parece-me que não conseguiu viver com o facto de não ter sido inscrito na Liga dos Campeões. Acho que foi isso. Há muita gente que diz que já se estava á espera que le fizesse algo do género, mas tirando coisas sem interesse nenhum, que outros jogadores também já fizeram, nunca houve uma grande questão de indisciplina relacionada com o Shikabala. Houve um ou dois episódios , mas se puxar pela cabeça para saber que jogador nunca teve um ou outro episódio não consigo lembrar-me de nenhum. Erro de gestão? Neste momento não é nenhum erro de gestão. Vamos ver no final se ganha dinheiro ou não. Agora não se pode dizer que se trata de um erro de gestão ou não! Mas alguém está á espera de uma situação destas? Isso é a mesma coisa que você contratar alguém para o seu jornal, a pessoa desaparece  e isso é um erro de gestão? Não , obviamente que não! Agora , no jornal, provavelmente você despedia-o , aqui não o vou despedir , se alguém o quiser terá de pagar. No jornal era mais fácil. Quem quiser paga e vão pagar, não tenho duvida nenhuma. Agora , onde é que ele está? Não sei! Tinha a esperança que tivesse no Egipto , mas já ouvi o Jesualdo Ferreira dizer que também não sabe onde está. Vejo-o no Facebook , de vez em quando(risos). 

Sporting renova com Wallyson Mallmann até 2021


O Sporting renovou contracto com Wallyson Mallmann até 2021, ficando com uma clausula de rescisão de 45.000.000€.
A informação foi confirmada pelo nosso site oficial e penso que estará encontrado o 1º reforço do plantel para 2015/2016. 
Provavelmente o jogador vê melhoradas as suas condições contratuais e muito possivelmente estará no principal plantel da próxima temporada.
Wallyson é indiscutível na nossa equipa B : tem 21 anos, 1.83m, 77 Kg , nasceu no Brasil e actua como médio defensivo. 
Boa sorte ...a Wallyson e ao Sporting.

AGENDA Sporting:


Sábado, 28 de Março de 2015

--Feirense vs Sporting | 15:00h
Andebol - Juvenis - 7.ª jornada da Zona 2 do Grupo A da 2.ª fase do Campeonato Nacional
Pavilhão das Lavadeiras (Santa Maria da Feira) -
--Casa Pia vs Sporting | 15:00h  
Futebol - Juvenis - 7.ª jornada da Série Manutenção da 2.ª fase do Campeonato Nacional Sub-17
Campo número 2 de Pina Manique (Lisboa) -
--HC Grândola vs Sporting | 16:00h
Hóquei em Patins - Juvenis - 6.ª jornada da Zona Sul D da 1.ª fase do Campeonato Nacional
Pavilhão do HC Grândola -
--Sporting vs Oliveirense | 16:00h  
Hóquei em Patins - Seniores - 23.ª jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão
Pavilhão do SC Livramento (Mafra) -
--Sporting vs Anadia | 16:00h  
Futebol - Iniciados - 10.ª jornada da Série Centro da 2.ª fase do Campeonato Nacional Sub-15
CGD Stadium Aurélio Pereira, na Academia Sporting -
--ABC vs Sporting | 17:00h  
Andebol - Seniores - Meia-final da Taça de Portugal
Pavilhão Municipal de Loulé -
--Sporting vs Rio Ave | 18:30h  
Futsal - Seniores - Quartos-de-final da Taça de Portugal
Pavilhão Multiusos de Odivelas -
--LP Salvo vs Sporting | 19:00h
Futsal - Juvenis Femininos - 1.ª jornada do Torneio Extraordinário
Pavilhão dos Leões de Porto Salvo (Oeiras) -
--Sporting vs Fluvial | 19:00h  
Polo Aquático - Seniores - 3.ª jornada da 2.ª fase da Série dos Primeiros do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão
Piscinas do Multidesportivo de Alvalade -
--Sporting vs Ourentã | 20:45h  
Futsal - Seniores Femininos - Quartos-de-final da Taça de Portugal
Pavilhão Multiusos de Odivelas -


Domingo, 29 de Março de 2015

--Bairro d Boavista vs Sporting | 16:00h
Futsal - Iniciados - 9.ª jornada da 2.ª fase do Campeonato Distrital
Pavilhão Municipal do Bairro da Boavista (Monsanto) -
--Maia Clube Açores vs Sporting | 16:00h
Futsal - Juvenis - 2.ª jornada da Série F da 1.ª fase da Taça Nacional
Pavilhão da Escola Básica Maia (Ribeira Grande, Ponta Delgada) -
--São Bernardo vs Sporting | 17:00h
Andebol - Juniores - 1.ª jornada do Grupo A da fase final do Campeonato Nacional
Pavilhão Gimnodesportivo de São Bernardo (Aveiro) -
--Sporting vs FC Porto ou Benfica | 17:00h  
Andebol - Seniores - Final da Taça de Portugal (em caso de apuramento)
Pavilhão Municipal de Loulé -
--Sp. Tomar vs Sporting | 17:00h
Hóquei em Patins - Juniores - Torneio Centenário de Tomar
Pavilhão do SC Tomar -
--Sporting vs Batalha | 18:00h
Andebol - Iniciados A - 4.ª jornada da Zona 3 da 2.ª fase do Campeonato Nacional
Pavilhão Fernando Tavares (Lisboa) -

AMORSPORTING faz 2 Anos e....300.000 visualizações!


O Sporting é mais que uma paixão, é um Amor Eterno !

Amorsporting nasceu há precisamente 2 anos! Em 28 de Março de 2013 nasceu um blogue que vem debatendo o nosso Sporting. É um local que me dá muito orgulho ter construído do nada e que hoje vejo cada vez mais sportinguistas a "fidelizarem-se" neste "sitio". É também um "sitio" onde se fala a verdade, onde se trata a noticia com pés e cabeça e que não é especulativa mas que acima de tudo é sportinguista.
É atingida uma marca magnifica de 300.000 visualizações e isso só é possível devido a todos vocês que me seguem , lêem as minhas ideias mas que sobretudo Amam o nosso Clube e todas as noticias são poucas. 
Tento ser o mais abrangente possível mas não é fácil estar sempre em cima do acontecimento e também a nossa vida profissional , muitas vezes, não "deixa". Tentei construir um local onde todos os adeptos de futebol podem passar e consultar os link´s que facilito. 
Se repararem, este é um dos locais onde se pode entrar e dificilmente sair pois a informação disponibilizada é tal que a partir de Amorsporting se pode saber o que se passa com quase todas as modalidades do nosso Clube.
Modéstia á parte penso que tenho trilhado o meu próprio caminho e que aos poucos vou conquistando mais espaço e o meu espaço no Universo Sporting. 
Quando comecei pensei que até fosse um Universo pequeno de escrever mas há medida que vamos imaginando e conhecendo ainda mais o nosso Clube a paixão aumenta e só dá vontade de dormir no Estádio, de cantar em todos os jogos e em todas as modalidades, de viajar com a equipa, de conhecer todos os recantos da Academia e do Estádio.......
Posso dizer que o Sporting é uma doença que aparece e nunca mais desaparece. Ao contrário de muitas , esta cresce mas não mata. Esta doença .....alimenta e aumenta-nos o coração. 
Para quem ainda não percebeu ou para aqueles que dizem ser sportinguistas porque o verde e branco é giro , então é porque ainda não sentem o Clube como eu; 
É porque não vibram com qualquer golo de qualquer modalidade:
É porque não conhecem os nomes dos jogadores de Andebol nem dos nossos atletas do atletismo;
É porque nem sabem que as nossas modalidades andam com a casa ás costas há anos e anos a fio;
É porque qualquer critica que façam ao SCP é-vos completamente indiferente;
É porque dizem que eles é que ganham o dinheiro e nós é que nos chateamos;
É porque não sentem as lesões dos jogadores quando eles não conseguem ajudar as suas equipas;
Enfim.........são tantas as razões para seguimos a vida do nosso Clube como se fosse o nosso Amor.
Ser sportinguista não se explica....sente-se e vive-se!
Viver o Sporting é como viver um Amor eterno que sabemos que nunca nos trairá! Ele estará sempre ali pronto para nos Amar e espera pelo nosso reconhecimento e Dedicação.
Por isso Amorsporting afirma que: O Sporting é mais que uma paixão, é um Amor Eterno !
Obrigado Sporting por eu ser sportinguista e obrigado a todos os que acreditam no meu trabalho e que fazem continuar com o mesmo Esforço, Dedicação, Devoção e Glória(modéstia á parte).
Obrigado a todos!!

Entrevista de Bruno de Carvalho(parte 4)


Faz um balanço muito positivo dos primeiros 2 anos de mandato na liderança do Sporting
"Sinto-me com a mesma força do inicio"

R- Ao longo deste dois anos qual foi o momento que mais o marcou como presidente do Sporting? Se tivesse de escolher uma situação negativa e outra positiva , quais seriam?
BdC- Em 1º lugar , olhar para estes dois anos é, sobretudo, entender aquilo que em tão pouco tempo conseguimos construir. E gostava que isso ficasse bem frisado : é um trabalho não apenas do presidente , mas de toda a equipa, neste caso da SAD e da administração. Em primeiro lugar , a reestruturação financeira. Foi algo extremamente importante, pois definiu regras  e a hipótese de sustentabilidade para todo o grupo Sporting. Todas as reestruturações anteriores tinham visado a SAD, mas esta visou aquilo que é o Mundo Sporting: o facto de não termos tido a necessidade de fechar modalidades (antes pelo contrário, até trouxemos mais) ; o facto de termos conseguido, dependendo da execução do dia a dia , a manutenção de uma estabilidade financeira que é absolutamente fundamental; a possibilidade de recuperação de passes de jogadores ; a possibilidade de conseguirmos fazer alguns investimentos no momento em que se conseguíssemos atingir o equilíbrio que se atingiu....foi um momento extremamente importante para nós. O recupera do orgulho sportinguista também foi importante. Começarmos a ver que o sportinguismo que estava acomodado, frio, cada vez mais distante, tem acompanhado todas as equipas e modalidades , nos bons e maus momentos , a dar um apoio tremendo , numa onda verde que se faz sentir e que acaba por ser o reflexo do que temos feito O facto de mal entramos termos apresentado propostas para o futuro do futebol português . Acreditamos que num desporto com mais credibilidade , mais rigoroso, no qual a competência seja mais importante. Podemos dizer que isto é um resumo daquilo que foram os últimos dois anos.

R- Mas, por enquanto, ainda só falou da parte positiva......
BdC- Tudo aquilo que são títulos , para nós, é visto como o mais positivo dentro do Sporting. Porque no fundo, , para além do todo o profissionalismo , somos um Clube. Um Clube ecléctico e que está virado para vencer . As Taças de Portugal no Andebol, os títulos no futsal, os títulos nas diversas modalidades que , felizmente, acontecem diariamente, sejam eles regionais, distritais, nacionais , europeus ou mundiais. Tudo o que são títulos é o mais importante e não podemos dizer o contrário. O momento negativo.....(pausa) Infelizmente , não temos ganho tudo em todo o lado. Isso só por si , já é negativo o suficiente , levando em conta os nosso objectivos . Mas, talvez ,este ultimo Dezembro. Pela verificação de que por vezes não basta o trabalho que estamos a fazer ou a realidade que se vive dentro do Clube. Ganhamos a noção de aquilo é percepcionado mesmo não tendo nada a ver com a realidade , pode tomar proporções como as que se verificaram em Dezembro . Isso talvez tenha sido o mais negativo, mas também o mais importante em termos de aprendizagem , para podermos começar a trabalhar de uma forma diferente na comunicação.

R- Provavelmente, esse terá sido o momento mais difícil que viveu.....?
BdC- Até agora sim. Sobretudo a nível de aprendizagem . Foi uma forte aprendizagem, mas num momento difícil. Ainda para mais , estava a tentar ter um pouco de tempo com a minha família , que infelizmente foi terrível. Este Natal e fim de ano não o desejo a ninguém, mas tomo-o como uma aprendizagem para o futuro. dentro do negativo , devemos tomar as coisa pelo lado positivo . Isto , claramente , sem contar o facto dos títulos , pois isso é o mais importante para mim e para toda a direcção.

R- Falou no âmbito familiar. Em algum momento questionou as razões que o levaram a assumir o desafio de ser presidente do Sporting?
BdC- Vou tentar ser muito sincero. Sinto-me exactamente com a mesma força do inicio. Agora , seria hipócrita se dissesse que há coisas que envolvem o mundo do futebol que não me têm deixado extremamente desagradado  e que já não me obrigaram a reflectir várias vezes . A força é muita. . Não tenho duvidas de que sou um homem de convicções . A nossa direcção  é igualmente de convicções e a nossa administração também. Sabemos aquilo que queremos e vamos lutar até ao fim por isso.Mas que não haja duvida nenhuma de que há vezes em que paro, olho para o mundo onde estou inserido - e não estou a falar do Sporting, pois já tinha noção do bom e do mau que acontece no Clube - e já me veio á cabeça se vale a pena , enquanto individuo, viver num Mundo que tem tanto que não aceito, que não faz parte da minha maneira de estar, no qual não acredito. Ambiciono um futuro melhor, mas há coisas no futebol e no desporto  que são quase contranatura á minha maneira de estar. Isso, ás vezes , faz-me parar durante breves segundos e questionar se fiz bem aceitar este desafio. Mas , passado esse tempo, toda a convicção vem ao de cima e continuo feliz a abraçar este projecto de alma e coração. 

"Acertar mais vezes do que errar"

R- Ao longo deste período o que é mudava na sua forma de gestão , se é que mudava?
BdC- Com certeza que há coisas que podíamos ter feito de outra forma mas o balanço é positivo. Num 1º período , numa fase de intervenção rápida e tão profunda quanto possível , sabíamos que íamos errar. Tínhamos era de de ter a capacidade e o engenho de acertar mais vezes do que as que errávamos . Mas, dizer que mudávamos alguma coisa quando o caminho está ser bem trilhado , sem ser pontualmente...não o mudaríamos.Agora , encontramo-nos  numa fase diferente. É importante saber que este equilíbrio em que estamos , com um ou dois disparates pode desequilibra-se. Na 1ª fase tivemos de fazer muitos cortes , depois sempre disse que iríamos começar a trazer um pouco de mais de know-how para dentro do Sporting e começamos a conseguir fazer investimentos , algo que já está a acontecer, tanto a nível do Clube como no pavilhão. neste momento, estamos numa etapa de consolidação e de começar a trazer o tal know-how especifico para começarmos a a tingir aquilo que são os nossos objectivos. Um erro grave , não vejo. Pontuais, sim, mas temos corrigido. 

"Exemplo europeu a nível de gestão"

R- Sobre o Fair -Play financeiro da UEFA : existe o perigo do Clube não estar nas competições europeias da próxima época , em virtude desta questão?
BdC- O Sporting vai participar nas competições europeias na próxima época. Hoje isso não é uma questão preocupante devido ao trabalho desta direcção: Se fizerem uma pesquisa , eu não a fiz, mas não acho que esteja errado, tendo em conta os períodos em causa , o Sporting deve ter sido o Clube da Europa com menos resultados nesta vertente. A reviravolta que fizemos é absolutamente reconhecida na UEFA . Uma reviravolta não expectável, financeiramente uma referência . O Sporting , neste momento , é um exemplo europeu a nível de gestão.

"Não há cisões na direcção do Sporting"

R-Muito se tem falado de eventuais cisões na direcção do SCP. Elas existem ou é tudo especulação? A direcção está unida e solidária para os próximos dois anos?
BdC-Essa pergunta é engraçada , pois gostava de ver uma estatística que o Record fizesse sobre aquilo que são as direcções dos Clubes. E quantas direcções em dois anos não tiveram mexidas. Gostava de ver isso e se calhar espantavam-se. É normal haver mexidas , seja naquilo que for. Aquilo que posso garantir é que , nas questões delicadas e extremamente importantes , foi sempre tudo decidido por unanimidade. nem sempre estamos todos de acordo , mas no que tem sido importante temos mantido uma maioria absoluta naquilo que são as nossa visões. Há questões pontuais , mas não se pode , jamais em tempo algum, falar em cisões na direcção do Sporting! Zero! Sobretudo porque isso dá uma ideia de uma direcção fragilizada e dividida e isso, garantidamente, nunca existiu nestes dois anos.

Não identifica ninguém com ideias novas
"Espera um mau momento não é oposição, é cobardia"

R- Vislumbra algum tipo de oposição dentro do Sporting?
BdC- Não. Mas seria hipócrita se não dissesse que não há um aparte ínfima de sportinguistas que teimam em.....é a velha frase do "eu não quero que isto continue como está". Mas depois , se formos esmiuçar , isto quer dizer, "não quero que continue como está , sem eu la´estar". É um grupo pequeno, mas mói. Principalmente através das redes sociais ou dos opinadores. Criticam tudo. Tudo. Seja o que for. O que de facto é estranho. Mas porque é que digo que não há oposição? Estive dois anos com esse papel.

R- Era inclusivamente rotulado como o rosto da oposição....
BdC- Exactamente. Se as pessoas forem ver tudo o foi dito , chegam á conclusão de que eram coisas especificas: a fusão, a reestruturação; dizendo que o que não concordava ; dizendo o que  faria. O que se passa neste momento não merece relevância. Renovou-se com o Matheus Pereira é mau. Não se renovou com o Djaló é mau também.....Não pode haver oposição , quando não há uma ideia nova.

R- Mas, nesta altura , consegue identificar um rosto da oposição?
BdC- Não existe nada, porque simplesmente não há oposição! Para ser oposição é preciso ter alguma dignidade, ideias, saber avaliar aquilo que está a ser feito e dizer aquilo que faria diferente. A parir do momento em que é a critica pela critica...muito pequena e limitada...não é nada.

R- Tudo isto deve-se ao facto de a actual direcção estar a presentar resultados , ou por outro lado, trata-se de uma oposição silenciosa que está á espera do momento certo?
BdC- Para mim, oposição é uma pessoa que tem uma ideia concreta , que não se revê em alguém  e , a partir daí, dá a cara e diz "sim senhor, vamos ". Esperar um mau resultado não é oposição, é cobardia. Os sportinguistas querem soluções . Os sócios querem estabilidade e, sobretudo , querem a garantia de que este projecto tenha consequências . parar estas medidas , todas estas propostas , todas estas filosofias.........

"Vou recandidatar-me"

R- O que o fará não se recandidatar á presidência daqui a dois anos?
BdC- Neste momento , absolutamente nada. Vou recandidatar-me . mas muitas vezes olho para o futebol e não o consigo assentar nos princípios por que me rejo.  Não me agrada ir ao ao café e perceber que há um estigma com as pessoas que estão no futebol. Somos todos uns aldrabões, uns vigaristas, vivemos num mundo que já está decidido. tento passar esta realidade e não consigo perceber que as pessoas que estão é frente do futebol não tenham uma grande preocupação com isto. Eu não consigo viver com isto e vou continuar a lutar. Um dia o futebol será reconhecido como um conjunto de pessoas que tentam trabalhar em prol do futuro. Mas isso não acontecerá por obra e graça do Espírito Santo. Só acontecerá quando os presidentes dos outros Clubes entenderem que têm de criar regras. 

R- Está colocado de parte o cenário de eleições antecipadas ? Só vai mesmo a votos daqui a dois anos?
BdC- De certeza absoluta!

Entrevista de Bruno de Carvalho(3ª parte)


"Anuncia regresso ao banco de suplentes"

R- Com o final do castigo vai voltar ao banco?
BdC- Vou voltar ao banco! Isto tem a ver com uma forma de gerir , algo que já tenho há mais de 20 anos. Sempre geri muito próximo do negócio , pois acredito que o sucesso está ai! Posso ter uma visão estratégica e implementá-la, podemos ter uma visão organizativa e implementá-la , mas depois , se os resultados não aparecem ...prefiro muito mais viver a "coisa" , do que estar a receber inputs de vários lados que não sei se correspondem perfeitamente á verdade. Sabemos que, ás vezes, estar no poder da informação certa pode ser a forma de tomar uma boa decisão. Continuo a acreditar que esta é a formula certa, pois é a forma que eu tenho de conseguir perceber aquilo que é o "negócio" Sporting, para poder intervir enquanto presidente, quando achar que é necessário.

R- Custou-lhe mais ver os jogos na Tribuna ou ter sido"silenciado" durante um mês pelo CD da FPF?
BdC-Detesto tudo o que são injustiças. Por isso não posso estar contente com um castigo que não corresponde ao que se passou. Vi os jogos ao pé dos presidentes dos outros Clubes . Foi uma experiência diferente mas sem duvida que prefiro estar perto daquilo que é a realidade , pois no dia a dia tenho de tonar decisões e não é o conhecimento da tribuna que me dá essa possibilidade. É o estar perto.

R- Sofreu mais na tribuna?
BdC- É completamente diferente. Entenda-se: Não me custa e as pessoas foram de uma simpatia total. Mas a nível de comportamento, o ambiente na tribuna é bem mais hipócrita. Não são as pessoas! É mesmo o comportamento , pois não podemos dar azo ao facto de estarmos chateados ou contentes.

R- Essa é também uma das razões para se sentar no banco? Para poder manifestar-se da forma que entende que o deve fazer?
BdC- O futebol e o desporto são emoção. Estar a canalizar a emoção para a razão é estranho, até porque toda a gente diz:"isto é emoção pura". Mas na tribuna toda a gente sabe que não é emoção pura. É a razão a sobrepor-se á emoção , pois temos deveres de cortesia, de cavalheirismo. No fundo, temos o dever de tudo , menos o de viver o jogo na sua plenitude! Acho estranho......


"Naming do Estádio? É possível se os sócios deixarem"

R- Falemos agora do Naming do Estádio, Já se sabe que é uma possibilidade.......
BdC- Não quero falar disso , porque muito no futebol está a mudar. Uma convicção que eu tinha há dois anos , neste momento, com a quebra generalizada, a nível do sector económico, provavelmente teríamos que fazer revisões. Aquilo que estamos a fazer neste momento é auscultar o mercado e entender se aquilo que nos tem chegado é a realidade neste momento, ou se á possível melhorar. Qual é o valor claro que o mercado está disposto a pagar pelo naming de um Estádio como o do Sporting.


"Há muita gente que gostava que me calasse"

R- Depois de ter sido castigado durante 30 dias (devido a alegados acontecimentos registados no intervalo do jogo com o Gil Vicente), no futuro vai ser mais contido nas suas declarações?
BdC- A partir do momento que acho que este castigo não foi justo.....não. Mas, se até hoje, não tinha sido castigado, não tenho duvida de que independentemente de não ser politicamente correcto, tenho tido algum cuidado nas minhas intervenções. mas, percebo que não seja politicamente correcto, mas há uma coisa em mim que nunca vou mudar por ser presidente do SCP: digo o que acho e o que penso, com conta , peso e medida. Digo a verdade do que se vai passando, independentemente dessa verdade poder chocar as pessoas e derivar em algum castigo. As pessoas comigo saberão com o que contam. Um presidente que não pactua com jogos estranhos. Gosto de desporto, gosto muito de ganhar, gosto de ver as coisas por meritocracia, mas não gosto de jogos de bastidores e as pessoas já perceberam isso. Vou continuar a dizer a verdade , mas já percebi que há muita gente que gostava que me calasse ou que tivesse algum género de vergonha. Não o vou fazer, pois dizendo a verdade consigo ir dormir cansado , mas de consciência tranquila.



Não tem duvidas que há uma acção concertada entre Benfica e FC Porto para atingir o Sporting e o seu líder.

R-O facto de ter cortado relações com Benfica e FC Porto não prejudica o caminho que o Sporting quer trilhar no que diz respeito ás alterações no futebol português?
BdC- Isso tem a ver com os valore e regras que, felizmente os meus pais me deram. sempre me ensinaram, que não vale tudo na vida. Sobretudo que nos devemos reger por valores e que nos devemos movimentar por ideias e convicções , dizendo a que tudo é possível porque há um fim determinado, então não vale a pena sermos seres humanos com princípios e convicções. Temos de ter a capacidade para vermos o seguinte: sem hipocrisias , quando os clubes nãos e respeitam e não mostram a dignidade que deveriam etr perante vários assuntos, as pessoas devem ser claras, e institucionalmente, terem relações com aqueles que perfilham valores , pelo menos , humanos e éticos. Em tudo o resto, o Sporting já se sentou dezenas de vezes após o corte de relações com o Benfica e com o FC Porto. É isso que tem de fazer. O caminho é trilhado aí. Agora , recuso-me a estar com pessoas que maltratam o meu Clube e que me maltratam.

R-Mas não era mais fácil se seguissem todos o mesmo caminho?
BdC- Uma coisa é a questão institucional , e ainda não houve uma quebra de relações que fosse provocada por nós. Declaradas pelo Sporting foram, provocadas é que não. No entanto , nunca deixamos de trabalhar com todos os grupos , quer tenha a ver com competições , disciplina, marketing, direitos televisivos, justiça, violência, apostas online...... E , ás vezes, custa-me ouvir que o Sporting se isolou, que a estratégia é errada. Não estamos isolados . Não podemos de deixar de dizer claramente o que achamos e de ter relações institucionais com quem achamos que trata o Clube e o futebol com dignidade. Não serei hipócrita e não direi que tenho relações institucionais. E quem faz isso , para mim, tem um nome. No entanto, é engraçado, pois na nossa vida, lutamos contra esse tipo de pessoas , que vivem da hipocrisia. Um Clube onde há um individuo que chama nomes ao presidente de outro Clube , que ameaça agredir elementos da sua direcção e que achou que nunca devia pedir desculpa , pergunto : deveríamos ter relações institucionais porquê? E outro Clube que a grande estratégia foi estar sempre a falar da reestruturação financeira do Sporting, mandar recados que o Sporting podia não estar a pagar ordenados  , isto tudo durante meses e meses, que culminaram com uma entrevista do vice-presidente (pausa)....Devemos nivelar-nos por cima. A partir daí, enquanto pessoas , não tem interesse nenhum haver convívio. E é isso que são as relações institucionais. É dizer: "Não te quero ao meu lado. Não gosto de ti como pessoa, não gosto dos teus valores, não gosto dos teus valores, não gosto das tuas regras. Não há relações institucionais contigo. Ponto final.

R- Mas vê uma acção concertada entre Benfica e FC Porto para fragilizar o projecto que preconiza para o Sporting e para o futebol português?
BdC- Isso toda a gente viu! É das poucas coisas que concordo com os opinadores. É claro que a escolha foi só essa....

R- Isso deixa-o preocupado ou, por outro lado, valorizado?
BdC- Por um lado até me sinto valorizado, pois é sinal de respeito. Como pessoas do futebol, fico horrorizado. Não se tomam decisões para algo tão importante no futebol de uma forma tão pessoal e com a vontade de atingir especificamente um Clube e um presidente.

R- O que precisa acontecer para o Sporting reatar relações com o FC Porto e Benfica?
BdC- O importante está a acontecer. Os Clubes sentados a conversar sobre aquilo que é o futuro do futebol. Tudo o resto são "fait divers". Não é preciso acontecer absolutamente nada . O tempo pode limar alguma impetuosidade , pode até dar-nos novas visões de caminho. Mas não muda traços de perfil.Ninguém muda aquilo que é a sua essência. A partir deste facto, não estou a ver ser possível haver um reatar de relações. A essência está errada, a meu ver. E com a anuência de toda a direcção , de forma unannime, chegámos á conclusão de que deveríamos ir ao ato mais grave , que é o corte de relações.Tem a ver com traços de perfil, com carácter , e isso ninguém muda.


"Clube ecléctico de dimensão mundial"

R- Vai ser lançada a 1ª pedra do pavilhão , é uma obra que prometeu e vai cumprir. Que significado tem para si?
BdC- Muito! Sou da geração que viveu a nave do Sporting, que nunca pensou que o ecletismo podia deixar de ser uma forma de viver o Clube. Quando chegámos, estava programado o fim das modalidades. Mantinha-se o Futsal, porque vinha para a SAD. Conseguimos inverter esta situação. O Pavilhão serve para recolocar o Sporting num patamar de onde nunca deveria ter saído: um Clube ecléctico de dimensão mundial. É a nossa homenagem ás modalidades e àqueles que andam a assistir aos jogos por toda Lisboa.

R- Admite o regresso de outras modalidades?
BdC- Claro que sim, mas não é á pressa, porque não dá para tudo. cada modalidade terá de ser para vencer. Basquetebol, Voleibol....ainda não temos condições.

Sobre uma eventual candidatura do ex-árbitro á Liga
"Pedro Proença tem todas as capacidades"

R- A homenagem a Pedro Proença foi uma manifestação de apoio a uma eventual candidatura á presidência da Liga?
BdC- Foi uma inequívoca demonstração de que este Clube gosta daqueles que se esforçam por serem os melhores nas respectivas áreas.

R- Mas veria com bons olhos essa possibilidade?
BdC- O Pedro Proença tem todas as capacidades para continuar ligado ao futebol , seja na UEFA, na Liga ou na Federação. Veríamos com bons olhos , poruqe lhe reconhecemos capacidade. Foi alguém que lutou (e eu gosto disso) e que foi considerado o melhor do Mundo na sua área. Acho que tem todas as condições.

R- Ficaria confortável se o Pedro Proença candidato a presidente da Liga tivesse também o apoio de FC Porto e Benfica?
BdC- Independentemente das nossa posições institucionais , nunca abandonamos um grupo de trabalho ou uma proposta. Antigamente o que é que o Sporting fazia? Zangava-se , virava as costas e acabou. Comigo é diferente. Um candidato apoiado pelos 3 grandes? Sem drama. Temos é de confiar no candidato.

R- Chegando a este ponto, acha que Luís Duque tem feito um bom trabalho á frente da Liga?
BdC- Acho que a Liga , a partir do momento em que não tem Clubes a fazer reuniões na Bomba de Gasolina da frente, está muito mais calma....

R- Mas acha que a Liga de Clubes está mais bem servida agora do que com Mário Figueiredo?
BdC- Acho que tem menos reuniões na Bomba de Gasolina em frente. E só isso já é muito bom.....

R- É mais profissional?
BdC- Não acho nada disso. Tem menos reuniões na Bomba de Gasolina em frente. Isso é o que eu acho.......
(continua)

sexta-feira, 27 de março de 2015

Entrevista de Bruno de Carvalho(2ª parte)


"Não faria sentido falhar a Champions"

R- A entrada na fase de Grupos na próxima Edição da Liga dos Campeões é essencial para o projecto do Sporting?
BdC- Apetece-me dizer como no filme: "Elementar meu caro Watson". Mesmo indo pela teoria dos orçamentos, que, deixem-me dizer-vos , a mim, não me agrada absolutamente nada, se o Sporting é o 3º maior orçamento do futebol português e se o 3º lugar do Campeonato dá acesso, é elementar que tenhamos de ir , no mínimo , ao play-off da Liga dos Campeões. 

R- O cenário da equipa não conseguir chegar á fase de Grupos colocaria o projecto em causa?
BdC- Em primeiro lugar , isso (não chegar á fase de grupos) não faria sentido nenhum ,mas não colocaria em causa o nosso projecto. Mas volto a frisar......não faria sentido nenhum.

"Já nos devíamos ter reunido"

R- Quando é que vai reunir-se com o treinador para começar a preparara a próxima época?
BdC-O mais depressa possível. Sabem que isto tem sido difícil, porque houve muito tempo que o SCP quase não parava, fazia dois jogos por semana. Então , decidimos não nos sentarmos para falar sobre a próxima época. Na verdade , já o deveríamos ter feito. Mas agora , nesta fase em que as coisas estabilizaram um pouco, provavelmente, vamos fazê-lo depois do jogo com o nacional, pois as coisas estarão mais normalizadas. Mas já o deveríamos ter feito; infelizmente não dá para fazer tudo ao mesmo tempo.

"Só eu quero dar o salto"

R- Sente em algum jogador a expectativa de darem o salto?
BdC- Quem é que não tem essa expectativa? O Presidente! O do Sporting , porque há outros que são sócios de outros Clubes ....até podem ter essa expectativa. Mas isso é normal. Todos os jogadores têm essa expectativa. Mais cedo ou mais tarde ........

R- O presidente não tem nenhum compromisso com nenhum jogador nesse sentido?
BdC- Zero, zero....O presidente não estabelece esses compromissos com jogador nenhum.

"Não temos medo de admitir as coisas"

R- Hoje em dia , até por tudo aquilo que tem aprendido e evoluído, acha que as famosas criticas á equipa no Facebook após a derrota  em Guimarães(3-0)podiam ter sido feitas de outra forma? Foi um erro de gestão ou voltaria a fazer o mesmo?
BdC- Temos de ter estratégias. Uma das coisas importantes é que havia uma tendência de se querer gerir o Clube de fora para dentro. O que quero dizer com isso? Muitas vezes existia aquilo a que se chamava o tribunal de Alvalade, que tentava fazer pressão para que se conseguisse resolver alguns problemas que não eram muito bem percepcionados. Agora a gestão é feita internamente. Para isso é importante as pessoas perceberem que não temos medo de admitir as coisas.Ponto. O que se obteve de retorno do tribunal? Continuaram a apoiar, a bater palmas, a estar ao lado da equipa. Isso não era uma realidade antes de eu entrar! Seja qual for o tipo de questão, não temos medo de dizer "fomos dignos, não fomos dignos". Não há esse problema. Há capacidade de critica interna. Acho que, antes de haver empolação, as pessoas perceberam bem isso. Depois, foi tudo o que se debateu á volta de um ato que é normal em qualquer pais evoluído. Depois é que lá vieram os velhos do Restelo(e isto não tem nada a ver com o Belenenses)começa r a ter teorias sobre o que pode ser uma aparição ou não no Facebook.....Factualmente: a coisa correu bem. Estamos a falar de um "post" que teve milhares de "likes". As pessoas concordaram com o que foi dito Depois de tanta conversa , entendi que começaram a ficar divididas , mesmo aquelas que acharam bem na altura. Por isso é que achei que não devia voltar a fazer......

R- Quer dizer então que não o preocupou o impacto que tudo isso possa ter tido internamente?
BdC- Não, não, não! Até porque as coisas foram entendidas. Como no jogo a seguir a moldura humana aumentou e o apoio foi maior, ainda mais compreendida foi.

R- E não teve que esclarecer tudo isso internamente?
BdC- Falámos muito. Isso também é uma das vantagens da aproximação. As pessoas sabem quais as estratégias traçadas.

Facebook é ferramenta que não voltará a utilizar: 
"Adeptos já entenderam"

R- O Facebook é uma "arma" que vai optar por abandonar?
BdC- Se calhar já não há necessidade, pois as pessoas já entenderam que somos exigentes e que não deixamos de fazer uma avaliação interna. Aliás, se foi coisa que fiz nesse "post", foi colocar todo o ónus do que estava a dizer também em mim. No momento em que assumo que o presidente também não foi digno......Criar um "fuzuê" á volta disto só mesmo num pais que não está habituado a uma realidade existente na maior parte dos países. Não vou voltar a dar azo a mais programas de televisão e debates só por causa de um "post". Isso de certeza que não vou fazer. Percebo que as televisões tenham de ganhar o seu dinheiro , mas escusam de o fazer tão declaradamente com o Sporting. Mas não deixarei de fazer por considerar que estrategicamente foi mau. Deixo de fazer p+orque acho que os sócios e adeptos já entenderam essa parte. Que somos humildes e não temos medo de reconhecer o que fazemos de bem ou de mal.

"Jefferson? Nem que fosse o Ronaldo!" 

R-Em relação a Jefferson, pode explicar-nos o que passou concretamente?
BdC-Não posso mas vou explicar porquê. Também é algo que ouvi muito e que é totalmente falso. Isto que aconteceu com Jefferson no Sporting acontece no Benfica e no FC Porto com frequência. O que aconteceu é que é perfeitamente normal. O que se passou é que , realmente, o Benfica e o FC porto têm uma estrutura de comunicação e de controlo interno que o Sporting ainda está a a melhorar. Os bastidores do futebol sabem que esta é uma situação comum. Por exemplo, há histórias nos bastidores de computadores que são atirados contra as paredes e isso aconteceu no Sporting. Acho que é um bocadinho mais grave.....

R- .....
BdC- Há, também, relatos de tentativas de agressão , com empurrões dentro de instalações dos Clubes e hotéis, coisa que nunca aconteceu no Sporting a esse nível. Tudo aquilo que se passa no Sporting é sabido e é dado como noticia, algo que eu até entendo. Foi uma questão normal , resolvida e bem resolvida, que neste momento está mais do que ultrapassada. Não vale a pena aflorar mais esse tema. Há é uma coisa que vale a pena dizer e que não faz sentido nenhum:ter opinadores do Sporting  que falam sobre algo, quando nunca passaram sequer pela necessidade de gerir uma situação deste género. O que quero dizer com isso? Vamos imaginar que tudo aconteceu conforme foi escrito nos jornais......

R- Mas não acha que era importante as pessoas saberem em concreto o que se passou?
BdC- Nada, nada, nada....! O que é importante é dizer isto: Vamos imaginar que um funcionário de uma empresa se vira para o patrão de uma forma perfeitamente ofensiva. Qual é a capacidade cerebral de alguém fazer essa separação: " Se fosse na minha vida pessoal castigava; mas no futebol não o devia fazer! Isto é uma decisão horrorosa! Deveria esperar: "Mas esperar pelo quê?" Há coisas que não se esperam na vida. Ou se fazem, ou não se fazem. Lá está, são princípios de vida adaptados àquilo que é o nosso modelo de gestão.

R- Mas é uma questão totalmente resolvida , ou inevitavelmente Jefferson vai embora no final da época? 
BdC- Está tudo totalmente resolvido. Além do mais o Jefferson tem contracto com o SCP até 2017. Agora, continuo a dizer: ouvi tantas pessoas a questionar se o assunto teria sido bem resolvido , ou mal resolvido....Não podemos separar aquilo que são as nossa regras sociais do meio em que estamos envolvidos. Se for um jogador pode ser ofensivo, se for um funcionário de uma empresa , já não pode.......Isso não faz sentido absolutamente nenhum! Não pode , ponto final! Quando queremos fazer passar uma mensagem de que , no fundo, as pessoas têm de ser profissionais e cidadãos exemplares, não podemos colocar a questão se há jogo ou se faz á equipa.

R- Mas admite que Jefferson teria sido um jogador importante para o Sporting naquele período....?
BdC- (longa pausa)....Meu amigo, nem que fosse o Ronaldo ! Isso são os princípios básicos da vida. Se nos rendemos àquilo que é politicamente correcto, se devemos ser hipócritas e tirar fotos com os Clubes todos quando não perfilhamos os mesmos valores , que os jogadores são muito importantes e têm de jogar......Dessa forma não conseguimos implementar uma politica de nada nas nossas vidas ! Qualquer dia tenho um jogador que é um bandido, que assalta , que mata e que tira, mas tem de jogar porque é muito importante.......Está fora de questão.
(continua.......)

Entrevista de Bruno de Carvalho(1ª parte)


Na 1ª entrevista após cumprir 2 anos de mandato, o presidente leonino garante que na sua liderança o Sporting será sempre candidato ao titulo e deixa uma promessa: "Só ficarei satisfeito quando for Campeão."

R- Cumpre agora 2 anos de de mandato como presidente do SCP. No projecto que idealizou, o que é que ainda não fez que gostava de ter alcançado?
BdC- Falta-me aquilo que ambiciono como presidente do Sporting e sportinguista: conquistar o titulo de campeão nacional. É uma forte ambição do Clube, minha e de todas as pessoas que me acompanham. Já o disse uma vez e não o vou desmentir: só me sentirei na minha plenitude de contentamento no Sporting quando conquistar o titulo pelo futebol.

R- No inicio da época assumiu que o SCP lutaria pelo titulo , o que foi entendido, em diversas frentes, como um tipo de pressão desnecessária para a equipa. Vai manter esse discurso na próxima temporada?
BdC- Eu tenho de tomar uma decisão que , confesso, ainda não tomei. Na próxima época, quando me perguntarem sobre as ambições do Sporting, dar uma de duas respostas : somos candidatos ao titulo, ou que lutamos para ser felizes. Como nunca fui bom em poesia, acho que vou para a resposta do somos candidatos ao titulo. Mas isso é normal! Independentemente de plantel, questões financeiras , o Sporting é um Clube qu todos os anos tem de ter como ambição lutar por ser campeão. Se será ou não, isso é outra coisa.

R- Mas o facto de o Sporting ser um eterno candidato ao titulo, já se colocava, então , na época passada e o seu discurso foi bem mais cauteloso.
BdC- Houve outra preocupação. O Sporting vinha da sua pior época , financeiramente dentro da pré-falência , não ia ás competições europeias , tinha uma reestruturação para fazer e uma nova direcção a entrar.Por isso, apesar de tudo, era importante ter alguma inteligência. Agora , tendo nós conseguido a competência de,  numa época, estabilizar o clube, o discurso á Sporting. E o presidente que vier para o Sporting, quando eu sair, e que diga que o Sporting não será candidato ao titulo, terá em mim, logo, um opositor.

R- Nesse caso, a conquista do terceiro lugar e um eventual triunfo na Taça de Portugal não o deixariam satisfeito?
BdC- Não.

R- E garantindo o acesso directo á Champions, via o 2º lugar com a conquista da taça de Portugal?
BdC- Mais satisfeito, obviamente, mas não satisfeito. Eu não me escondo e o meu objectivo enquanto presidente , a nível de futebol, á ser campeão. Enquanto não for, nunca vou estar satisfeito. Aquilo que pretendo para o Sporting é a capacidade de, com regularidade ser campeão.

"Eu e o Marco somos crescidos, foi tudo ultrapassado"

Admite que em Dezembro lhe passou muita coisa pela cabeça, mas garante que técnico deve continuar.

R- Marco Silva é um treinador a quem fez um contracto de 4 anos, pelo que tem ainda mais 3 época de ligação ao leão. A continuidade do técnico está sujeita a algum tipo de avaliação, depende da conquista de alguma objectivo, ou está garantido que será o treinador do Sporting na próxima época?
BdC- Nós vamos começar a preparar a próxima época e eu acho que os objectivos pelos quais estamos a lutar nesta fase vãos er cumpridos. Tenho achado engraçado ler algumas noticias que dizem depender disto e daquilo. Bem sei que a bola é redonda e que no futuro há 11 jogadores para cada lado, mas estes dois objectivos , o 3º lugar e a Taça de Portugal, dentro da qualidade do nosso plantel,do trabalho que tem sido feito, são objectivos que vamos cumprir.

R- Portanto , na sua cabeça está perfeitamente definida a continuidade de Marco Silva?
BdC- Sim. Nem consigo avaliar que esses  dois objectivos não sejam cumpridos, mas claro que não vai cair do céu, temos de trabalhar, os jogadores têm de estar focados, há muito trabalho, os jogos têm de ser ganhos. Mas também não podemos utilizar para tudo o argumento que a bola é redonda; a nossa cabeça também é redonda a não andamos a dar-lhe pontapés.

R- E como é a relação do presidente com o treinador Marco Silva? É a mesma do inicio da época?
BdC- É uma relação normal, igual ao que era no inicio.

R- Aquele período conturbado que ocorreu durante o mês de Dezembro não deixou sequelas?
BdC- Acho que tem sido claro e evidente para toda a gente como nós temos trabalhado de forma normal, como no inicio. Nenhum episódio destes é bom, é lógico que não é bom, a quantidade de noticias que foram veiculadas para a comunicação social não é agradavél, mas somos os dois crescidos e isso já foi completamente ultrapassado....pelo menos do meu lado, e acredito que do Marco também.

R- Qual foi a razão porque não foi mais rápido a vir a publico a refutar as acusações de José Eduardo a Marco Silva, uma vez que depois fez questão de dizer que não concordava com elas?
BdC- O mês de Dezembro foi uma aprendizagem forte, e ás vezes na vida precisamos dessas aprendizagens. Posso dizer que fui completamente surpreendido coma rapidez e as proporções que as coisas tomaram. As pessoas só se lembram da minha 2ª intervenção, eu tive uma 1ª intervenção a que ninguém deu credibilidade, o que é estranho.

R- Mas quando começaram a associá-lo as declarações do José Eduardo, quando começaram a dizer que este estava mandatado por si por diversas questões , qual a razão por que não se apressou a desmontar esse cenário?
BdC- Isso é quase o mesmo de quando eu fico chateado com os jornais porque há pessoas nas colunas de opinião que dizem disparates. As pessoas dos jornais depois dizem-me sempre que não podem fazer nada, porque se trata da opinião de alguém. Eu tenho que vos dizer que fui completamente surpreendido, porque faço uma declaração e venho a saber que depois da minha declaração houve outra, e as pessoas dão mais peso a uma do que a outra. Acho que as pessoas foram em direcção àquilo que lhes dava mais jeito. Eu falei  e disse que não havia problema, depois vem alguém e diz outra coisa. A partir daí, na minha ótica estava tudo dito.

R- Vamos ser então mais directos: em momento algum lhe passou pela cabeça rescindir contracto com Marco Silva?
BdC- Em momento algum o Marco Silva foi demitido, em momento algum isso lhe foi transmitido. Mas posso dizer o seguinte: há pouco perguntaram-me se eu alguma vez pensei em deixar o meu cargo, ou seja, se eu alguma vez pensei em demitir-me de presidente. Se eu vos disse que seria hipócrita se dissesse que tal nunca me tinha passado pela cabeça , tenho de vos dizer que esta cabeça fervilha, eu quero ganhar, vencer, quero tudo. Há uns dias que estou mais contente , outros menos. É normal. Depois temos de saber trabalhar, melhorar, com toda a gente no universo Sporting. Acontece com toda a gente que tem uma forte ambição. Uma coisa é sermos comedidos, outra é saber que temos um caminho para percorrer, outra que temos condicionalismos financeiros, o que o nosso ADN é a formação , e outra é querer esconder que o Sporting é candidato ao titulo. Não há presidente nenhum , não há director nenhum , não há treinador nenhum , vice-presidente ou administrador, que pense que pode viver no SCP sem sermos campeões durante não sei quantos anos. E não podem , porque é por isso que os presidentes , os treinadores tem caído. Um Clube com esta dimensão tem de ter na parte da glória algo com bastante , ou pelo menos com alguma, regularidade. Se nós quisermos fingir que isso não é importante , pois já passámos 18 anos sem ganhar o campeonato, se calhar não queremos equacionar um projecto com estabilidade. Quando você representa 3.000.000 de pessoas , isto apenas em Portugal, tem de ter a coragem de admitir aquilo que é percepcionado: tem de fazer tudo o que estiver ao seu alcance para vencer. Quem se defende, quem não tem este discurso: primeiro, não devia ser presidente do SCP, depois é cobarde e depois não entende que assim , mais cedo ou mais tarde leva um chuto no rabo dos associados.

R- desde que assumiu a liderança do Sporting já contratou dois treinadores portugueses : Leonardo Jardim e Marco Silva. É um principio seu, ou no futuro poderá equacionar contratar um técnico estrangeiro?
BdC- Neste momento o Marco Silva tem contracto por mais 3 anos , eu só estou assegurado por mais dois , em principio será assim(risos). O Sporting precisa sempre de alguma ponderação e de uma escolha de um perfil que se enquadre naquilo que é o projecto  que os responsáveis do Clube entenderam trabalhar. Por enquanto , a escolha do treinador tem recaído , sempre, num técnico português , mas um dia poderá perfeitamente não ser assim.
(continua.........)

NAIDE GOMES: Uma verdadeira LEOA.


A atleta Naide Gomes do Sporting Clube de Portugal, ex-campeã mundial indoor de pentatlo e em salto em comprimento, anunciou o fim da sua carreira.
Naide Gomes com 35 anos , abandona o seu "filho"- o Atletismo , devido a sucessivas lesões.
"Convidei-vos para anunciar que nós terminámos a nossa carreira, depois de longos anos e de muitos sucessos e também insucessos. Já chorei muito, já ri muito, mas principalmente rimos juntos. Vivemos grandes momentos!" A atleta , em conferência de imprensa, referia-se ao seu treinador, Abreu Matos.
Depois de se ter notabilizado no salto em comprimento: Campeã mundial (2010) , Campeã europeia (Madrid 2005 e Birmingham 2007) em pista coberta e que abraçou já depois de ter sido campeã mundial indoor no pentatlo (2004) deixa assim um vazio nas nossas pistas mas não nos nossos corações.
Amorsporting deseja a Naide Gomes , nascida em São Tomé mas que está em Portugal desde os seus 11 anos, todas as felicidades do Mundo e que se possível que fique no Sporting pois qualquer campeão tem lugar no nosso Clube. Naide Gomes tem uma carreira de 20 anos e de 17 anos dedicados ao nosso Sporting Clube de Portugal!! É OBRA!!
No entanto, chega assim ao fim uma carreira recheada de sucessos , risos e como não podia deixar de ser...de muito choro e de muitas dores porque as campeãs fazem-se com muito sacrifício. 
Naide Gomes é o encaixe perfeito no nosso lema: Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!!
OBRIGADO NAIDE , por eu ser sportinguista!!
Em baixo transcrevo uma breve história(site Sporting) sobre uma campeã que para mim.......sempre o será.

"A atleta que deu o Salto para a História

Era um torneio escolar de salto em altura na escola que frequentava, na margem sul. Naide Gomes tinha 11 anos e dava, pela primeira vez, nas vistas pela sua habilidade natural para o atletismo. Usando o estilo tesoura – que consiste em fazer a aproximação à fasquia na diagonal, saltando primeiro com uma perna e só depois com o resto do corpo – Naide saltou 1,50 metros, superando, até, o rapaz mais alto da turma. O professor de Educação Física, abismado com o desempenho de uma menina que nunca tinha treinado, incentivou-a a ingressar no desporto escolar.
Naide estava convencida que se tinha saído bem por influência de uma infância passada entre a natureza, em São Tomé e Príncipe. Todas as brincadeiras desaguavam na rua e ora Naide corria, ora subia às árvores, ora atravessava os rios. Aos dez anos, veio para Portugal, acompanhada da irmã, um ano mais velha, para estudarem e para se juntarem à mãe, que já tinha feito a travessia seis anos antes. Naide chegou a Portugal com a ideia que Lisboa cheirava a perfume e a rosas. “Havia uma loja portuguesa de rebuçados em São Tomé e cheirava maravilhosamente bem. Por alguma razão, associei aquele cheiro a Lisboa. Mas quando cheguei, percebi que não era assim. Passei por algumas zonas que cheiravam a esgoto e foi uma desilusão”, conta a atleta que, nos primeiros tempos, estranhou Portugal. “Fui bem acolhida, mas vinha de uma cultura diferente. Via coisas na escola que me deixavam perplexa, como os alunos a responderem mal aos professores ou a dizerem asneiras. Em São Tomé, se fizéssemos isso, levávamos uma sova”, lembra.

Naide seguiu o conselho do seu professor de Educação Física e abraçou o atletismo. Mas dois meses depois, teve um dissabor: quatro negativas na escola. “Só chorava. Nunca tinha tido negativas e achava que a minha mãe me ia tirar do atletismo, mas ela disse-me que, se recuperasse, não acontecia nada”. Estudou madrugada fora, subiu as notas e nunca mais teve negativas – evidenciando a disciplina e a determinação que pautariam, também, a sua carreira.

O dia em que Fernanda Ribeiro ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos, em 1996, mudou a vida de Naide. “Fiquei até às quatro da manhã a dormir no sofá, para ver pela televisão. Quando ela ganhou, disse à minha mãe que um dia seria como ela”. Para lá chegar, passou pelo Clamo, Ginásio do Sul, Belenenses e JOMA, antes de chegar ao Sporting, em 1998, ainda júnior. “Tinha o sonho de representar o Sporting. Lembro-me de ver equipas fantásticas de atletismo no Clube, ainda criança. Além disso, adorava o Figo, até chorava pelo futebol. Mas não queria oferecer-me ao Sporting, queria chegar lá por mérito próprio. Quando o professor Moniz Pereira viu o meu talento, pelas marcas que tinha alcançado, e me fez o convite, aceitei na mesma hora”, lembra a atleta que, embora se tenha celebrizado no salto em comprimento, nunca deixou os créditos por mãos alheias noutras disciplinas – foi campeã nacional de heptatlo e campeã mundial de pentatlo, por exemplo, estabelecendo recordes em quase todas as disciplinas.

2000 foi o ano de viragem. A participação nos Jogos Olímpicos, ainda em representação de São Tomé (a nacionalidade portuguesa viria, apenas, no ano seguinte) mudou-lhe o destino. “Quando vi, pessoalmente, a Fernanda Ribeiro a ganhar medalhas e convivi com os atletas, percebi que queria pertencer àquela elite”. Apostou ferozmente nesta meta, passando a fazer treinos bi-diários. Em pouco tempo, o esforço deu frutos: bateu três recordes (salto em comprimento, salto em altura e pentatlo) e, em Março de 2002, conquistou o primeiro título internacional, a prata no Europeu de Pista Coberta, em pentatlo, na sua estreia pela Selecção Nacional. Um título que acrescentou ao vasto currículo nacional – Naide soma, até hoje, 23 Campeonatos de Portugal (17 de salto em comprimento, três de salto em altura, dois de 100 metros barreiras e um de heptatlo) – e às três participações nos Jogos Olímpicos (2000, 2004 e 2008).

Sete é o seu número favorito. Não só porque era aquele que Figo carregava às costas, como era a marca que idealizava ultrapassar no salto em comprimento. O que aconteceria em Julho de 2007, no Mónaco – onde Naide levou o máximo nacional aos 7,12 metros.

Se 2000 foi o ano de viragem, 2012 foi o de abrandamento. Quando já via os Jogos Olímpicos de Londres mais perto, sofreu uma ruptura completa do tendão de Aquiles. Foi o início de um longo calvário que culminou com três operações ao mesmo pé – a última das quais a 3 de Abril deste ano. “Estou a treinar, mas com dores, por isso estou a 50%”. Ainda assim, e com os 35 anos completados hoje, Naide resiste. “Vou continuar a lutar para terminar a carreira como sempre quis, a competir – o que, espero, possa acontecer no próximo ano. Enquanto puder não desisto. O atletismo é o meu filho. Quando se faz o que se ama arranja-se forças para lutar”. Já preparando o período para além da carreira, Naide concluiu a licenciatura em Fisioterapia – cuja paixão lhe chegou durante a sua recuperação – e acabou de assinar contrato pelo Sporting, como fisioterapeuta. Paralelamente, está a tirar o primeiro grau do curso de treinador. “Quero transmitir a minha experiência e formar campeões como eu. Mas não vai ser fácil. Para chegar a este nível, é precisa muita disciplina. E paixão”."

Mais palavras para quê? 
Quando se lê que lutou para chegar ao Sporting e que chorava pelo nosso Clube, Amorsporting , fica sem palavras para agradecer toda a felicidade que Naide me deu !
Mais uma vez: Obrigado por eu ser sportinguista!!