domingo, 8 de fevereiro de 2015

Sporting anuncia fim do Blackout


O Sporting pela voz do nosso presidente, Bruno de Carvalho, anunciou o fim do Blackout. 
Amorsporting saúda esta noticia mas se for necessário é sempre uma boa solução para utilizar em casos extremos e que sirvam para proteger o Clube.
Eis o comunicado do nosso presidente: 

"A atenção dos Sportinguistas este fim-de-semana está focada nos diversos ‘derbies’ e competições europeias. Como sempre afirmei, para termos sucesso devemos sempre querer mais do que os outros.
Aconteça o que acontecer amanhã, não tenho a menor dúvida que este projecto, estrutura, treinador, equipa técnica e atletas darão grandes alegrias aos Sportinguistas.

Face ao enorme ruído que existia em torno da vida interna da nossa instituição, foi necessário manter uma fase de maior reserva. Um momento aproveitado para uma reflexão intensa e sem interferências do exterior, mas com a necessária capacidade de pensar, reorganizar e agir.

Foi isso que fizemos e, neste momento, esse período foi ultrapassado, tal como as restrições à comunicação social, anunciadas no comunicado do Sporting Clube de Portugal do último dia 22 de Dezembro.

Mas este é também o momento de abordar alguns temas que estiveram em destaque durante este período, de forma a colocar um ponto final sobre estas questões. Sobre essas mesmas questões, vou falar pela última vez.

Contrariamente ao que foi por veiculado por alguns, o treinador Marco Silva nunca foi despedido. Repito: nunca foi despedido do Sporting Clube de Portugal. Foi mesmo com bastante espanto que tomámos conhecimento das inúmeras notícias que deram eco ao mesmo. Tudo isto motivou que, a certa altura, se vivesse de facto um período de tensão, mas mais pelo que se dizia do que pelo que realmente se passava no dia-a-dia do Clube.

Em todas as organizações, é necessário afinar estratégias e objectivos. No Sporting Clube de Portugal, também assim é. Ao longo da época foi necessário fazer alguns ajustamentos, pois a integração de um novo treinador, num Clube da dimensão do Sporting, não é simples e obriga a um esforço de todas as partes envolvidas para se atingir os fins pretendidos.

Marco Silva tem contrato até ao final da época 2018/19. É um excelente treinador, jovem, que vive a sua primeira experiência num Clube com a dimensão do Sporting. Aliás, foram estas as características que me levaram a fazer esta aposta e que me fazem mantê-la, para um futuro largo, com a mesma convicção inicial de que juntos iremos dar muitas alegrias aos Sportinguistas.

- Outro tema que também quero encerrar e que já fui muito claro: não mandatei ninguém para qualquer assunto relacionado com o treinador. Os Sportinguistas já me conhecem e sabem que digo sempre o que tenho para dizer, com frontalidade e sem necessitar de intermediários. Querer alimentar um suposto episódio onde pedi a José Eduardo para atacar o treinador do Sporting não faz sentido nenhum. Como é público, o José Eduardo já percebeu e reconheceu que se excedeu. As várias intervenções que fez fizeram muitos Sportinguistas pensar que o mesmo estaria escudado em mim, nas suas intervenções, mas tal não corresponde de todo à realidade.

Como já disse nunca deixarei de fazer o que sempre fiz e que foi dos grandes ensinamentos que os meus pais me deram: ser claro, directo e frontal, seja com quem for e em qualquer situação.

- Outro assunto que quero deixar bem esclarecido, para que não restem quaisquer tipo de dúvidas: tenho, como qualquer cidadão, o direito de me defender nos tribunais daqueles que me difamam e dizem ser possuidores de fontes e provas que me podem incriminar.

Uma coisa é uma salutar divergência de opiniões e diferentes perspectivas sobre a vida de qualquer instituição; outra coisa, totalmente diferente, é a difamação. Não aceito fazer parte de uma sociedade que vive numa constante dúvida e numa permanente crise de valores e regras. Sei o que faço e não tenho receio de legitimamente o defender.

Assim, compreendam que quem nas suas intervenções atinja a difamação infame, terá naturalmente de responder na justiça, pois vivemos numa sociedade democrática.

Esclarecidas e ultrapassadas estas questões que fazem parte do passado, vamos agora retomar os temas essenciais para os Sportinguistas e em que todos estão focados.

Temos de ser humildes, sempre com garra, uma intensidade muito forte e estarmos 100% concentrados. Se assim o fizermos teremos tudo para vencer.

Seja como for, quero deixar uma mensagem muito clara: aconteça o que acontecer amanhã, não tenho a menor dúvida que este projecto, estrutura, treinador, equipa técnica e atletas, sempre com o apoio do nossos Sócios e adeptos, nos darão grandes alegrias.

Temos enorme confiança no futuro porque temos enorme confiança no trabalho e no projecto que estamos em conjunto a construir.

O nosso projecto, rumo e prioridades estão claramente definidos.

Hoje, nas mais diversas áreas, são reconhecidos os resultados obtidos. É um Sporting forte, ambicioso e com os olhos postos no futuro.

Queremos que amanhã todos os Sportinguistas estejam, como sempre, unidos no apoio à nossa equipa, para que juntos sejamos mais fortes e possamos alcançar a vitória que todos nós desejamos.

Viva o Sporting Clube de Portugal!"

Sem comentários :