quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Jornada Europa(16-Avos): Leão com lição mal estudada compromete Liga Europa(2-0)


O Sporting comprometeu seriamente as aspirações que tinha na prova ao perder , infantilmente, em Wolfsburgo por, 2-0. 
O Leão disse que tinha a lição bem estudada mas chumbou no teste pois deixou fazer tudo o que o adversário tinha de melhor: transições rápidas e jogo de De Bruyne , entre linhas.
Marco Silva apresentou uma equipa só com uma novidade: Rosell na vez de William , castigado. Por sua vez o adversário jogou sem os seus dois médios titulares: Luiz Gustavo e Guilavogui.
Onze do Sporting: Rui Patrício, Cédric, Jefferson, Paulo Oliveira, Rosell, Adrien, João Mário, Nani, Carrillo e Montero.
A equipa até entrou bem , pressionando e tendo a posse de bola mas aos poucos foi deixando , De Bruyne soltar-se e começar a criar perigo. A pressão ao principio resultou mas como não era muito forte , um médio alemão descia e conseguia organizar o jogo. 
O jogo do Sporting não fugia do seu ADN: posse de bola, boa circulação mas sem Slimani os cruzamentos não resultam e então hoje , circulámos a bola sem progressão para a área adversária.
O Wolfsburgo , humilde, baixava as suas linhas e conseguia roubar-nos a bola e lançar os eu jogo preferido: as transições super rápidas e para os pés de De Bruyne. 
A 1ª parte trouxe algumas hipóteses de golo para o Wolfsburgo mas a nossa defensiva conseguia cortar tudo. Destaque para um grande corte de Paulo Oliveira , aos 18´ a evitar o 1º golo da noite. Por pouco não foi auto-golo!
Entretanto rui patrício já tinha defendido um remate de Schurrle dentro da área.
No entanto, o SCP , não jogava mal e Carrillo teve tudo para marcar , aos 34´quando lançado por Nani, ficou isolado e rematou ao lado da baliza de Diego.
Entretanto o Belga oriundo do Chelsea ía ensaiando o jogo entre linhas sem que ninguém o marcasse.
O Sporting conseguia pressionar e recuperar algumas bolas mas depois o "engonhanço" era tanto que tínhamos que a perder. 
Á beira do intervalo , fica uma grande penalidade por marcar para o Sporting. Cruzamento de Cédric , da direita , e Vieirinha faz penalidade jogando com o braço dentro da área. Para variar o sr. árbitro nada marcou!
O intervalo chegou com o SCP a pressionar mas sem efeitos práticos e com o resultado numa igualdade sem golos.
A 2ª parte em tudo foi diferente.
Os alemães mudaram antes do intervalo e passaram a jogar em 4-4-2 e logo a abrir a 2ª metade da partida - golo!! Naldo rouba a bola a Montero, progride no campo sem que ninguém lhe tire a bola e consegue colocar em Bas Dost que isolado e aparecendo nas costas de Tobias e de Jefferson faz o 1º golo.
Tinha regressado toda a gente a dormir do balneário!
Este golo abalou a equipa que só perto do final é que conseguiu reorganizar-se. Jeffersson é do oito ao oitenta e fez um jogo paupérrimo quase nunca marcando e deixando fazer tudo do seu lado. 
Entretanto, Rui patrício evitou mais um golo do adversário defendendo com o pé um remate perigoso. Depois o 2-0 , mais uma vez do nosso lado esquerdo! A bola é colocada em De Bruyne, entre Jefferson e Tobias , e este que fugiu a Rosell cruzou largo e rasteiro ao 2º poste com Paulo Oliveira e Rui Patrício a serem algo permissivos. Era o 2º golo do holandês - Bas Dost!
O Leão ainda tremeu mais e parecia que estava amarrado. O nosso capitão evitou uma goleada com um par de grandes defesas! O SCP nem rematar conseguia. Eram tantos passes curtos para os lados e para trás que os jogadores até se atrapalhavam. 
Marco Silva tirou Carrillo e colocou Mané e foi com ele na jogada que , aos 60´, João Mário rematou mas a bola embateu nas pernas de um defesa alemão. 
Depois , aos 71´, mais uma vez João Mário , falhou vergonhosamente um golo......feito!! Cruzamento perfeito para o português , que sozinho, cabeceou ao lado da baliza. 
A partir daqui só mesmo mais duas substituições para o Sporting: entrou A. Martins e Tanaka e saíram Montero e Rosell.
O Sporting não aprendeu a lição e agora , em Alvalade , vai ser um bico de obra para vencer os alemães!! Quem erra mais normalmente sai derrotado e hoje foi o caso.
Individualmente não há muito a dizer . Só resta dizer que João Mário e Rui Patrício foram os melhores jogadores do Sporting. O 1º correu quilómetros , tabelou , driblou, recuperou bolas e fez jogar os colegas. Acontece que o Sporting joga ao TIKI-TAKA mas não sai do mesmo sitio. Rui Patrício sai de cabeça erguida depois da história da semana . Acabou por fazer mais umas grandes defesas que evitaram males maiores.
Dois golos de diferença .....é o que temos para anular!!

Sem comentários :