domingo, 22 de fevereiro de 2015

Jornada do LEÃO(22ª): Sporting canta de galo(2-0)


Foi o jogo dos Sócios e em Alvalade estiveram cerca de 43.000 espectadores. Magnifico!!
Para este jogo da 22ª jornada da Liga estávamos obrigados a voltar ás vitórias e foi o que fizemos. Aplicámos a chapa , 2 , ao Gil Vicente mas não foi muito fácil. Tanaka 1º e Nani em 2º , fizeram os golos da noite. E que golo ...o de Nani!!! 
Marco Silva apresentou 3 mexidas na equipa. Miguel Lopes ocupou o lugar do castigado, Cédric; André Martins jogou por Adrien que estava em risco de ver um cartão amarelo e não jogaria no Dragão e por fim Tanaka que "roubou" o lugar a F. Montero. Mas o onze foi o seguinte: Rui Patrício, Miguel Lopes, Jefferson, Tobias Figueiredo, Paulo Oliveira, William , André Martins, João Mário, Mané, Nani e Tanaka. 
O Sporting não entrou muito bem no jogo e parecia algo abalado com o resultado da Liga Europa. Aos poucos foi "aquecendo" mas só por duas ou três ocasiões causou perigo. 
O nosso futebol era lento e previsível e a turma de Barcelos ía conseguindo afastar sempre a bola da sua área. A nossa pressão também nunca foi aquela a que esta equipa já nos habituou mas no entanto a nossa posse de bola foi quase....total.
Para variar ficou uma grande penalidade CLARÍSSIMA por marcar a favor do Sporting numa falta cometida sobre João Mário. 
Ainda na 1ª parte , Mané , isolado permitiu uma grande defesa a Adriano ; o mesmo jogador demorou a rematar e o guarda-redes gilista voltou a defender e depois João Mário, por duas vezes, esteve ,também, perto do golo. Apesar destas oportunidades jogámos muito lentamente e quase sem jogadas pelos flancos.
O intervalo chegou com um 0-0.
Na 2ª parte o Sporting veio mais rápido e logo aos 6 minutos Tanaka inaugurou o marcador. A nossa maior pressão fez-nos ganhar um canto, Jefferson marcou ao 1º poste, Nani desviou para o 2º poste e o japonês , com a coxa , fez o 1º golo da tarde/noite.
Estava aberto o autocarro e agora era manter a intensidade e tentar matar o jogo. Foi o que o SCP fez e por duas vezes Adriano negou o golo a Nani. 
Não o conseguiu fazer , aos 68 minutos , naquele que é um hino ao futebol. Nani recebe a bola e , de longe, com o pé esquerdo, apanha bem a bola e coloca a bola no ângulo superior esquerdo da baliza de Adriano. Que golão de Nani!! O jogador super emocionado (como mostra na imagem) comemorou com lágrimas este golo.
Este foi o "matar" de um jogo que se queria que fosse , principalmente, um regresso ás vitórias mas que fosse também uma festa para os associados do Leão. 
A nossa posse de bola foi mesmo total e não foi materializada em mais golos porque Adriano é um dos melhores guarda-redes do nosso Campeonato. 
Não que o Sporting tenha feito um grande jogo, foi mesmo um Q.B. num jogo a pensar na Liga Europa.
O Gil Vicente só por uma vez importunou Rui Patrício e num lance em que William tenta marcar um livre rápido, chuta a bola contra as pernas de um adversário que está a menos de meio metro dele e o srº árbitro deixou jogar. Contra-ataque rápido e só não deu golo porque o gilista rematou ao lado. 
De resto foi um jogo sem grandes jogadas , sem grandes rasgos individuais mas onde o SCP foi ....eficaz.
Individualmente: Rui Patrício foi mais um espectador; Miguel Lopes nota-se que já está bem melhor e fez boas arrancadas pelo lado direito e esteve perto do golo perto do final; Jefferson não atravessa um período muito bom , fazendo muitas faltas desnecessárias mas colabora muito no  ataque, Tobias e Paulo Oliveira foram simplesmente e mais uma vez intransponíveis, William jogou o jogo todo , condicionado, mas não levou cartão amarelo o que lhe permite jogar no Dragão; João Mário fez um jogão e a par de William foram os melhores em campo. Os dois mexeram completamente no jogo vindo buscar jogo, distribuindo-o, driblando, passando, e no caso de João Mário esteve quase a marcar (por 2 vezes) e sofreu uma penalidade não sancionada ; André Martins fez um jogo agradável e nunca complicou jogando simples e fazendo a bola girar, Mané teve duas chances de marcar mas sempre que é muito marcado tem dificuldades em fazer tabelas e em desequilibrar, Nani não fez um grande jogo, longe disso , mas fez o golo do ano. ainda teve 2 oportunidades para marcar mas o guarda-redes gilista negou-lhe esses lances. Por fim , o "Samurai"- Tanaka: Ganhou alguns lances de cabeça o que Montero não consegue fazer mas vê-se que é muito "soft". É um jogador que é muito querido mas ainda tem que aprender muito. Começa a querer aparecer para jogar mais vezes e hoje correspondeu com um golo e com várias boas jogadas. Tem bons pés mas ali , na frente , tem que ter o egoísmo de ponta-de-lança. 
A meu ver, Marco Silva , arriscou muito em ter William em campo o jogo todo mas no fim saiu tudo bem. Não concordo com as suas substituições mas acabou por ter sorte pois Nani que merecia ter sido o 1º a ser substituído acabou por fazer o momento da noite. Ou seja, com o Sporting a vencer e com William carregado de amarelos e sem poder ver mais nenhum , preferiu tirar A. Martins(para mim merecia ter jogado mais) e colocar Ryan Gauld; tirou Mané e colocou Carrillo (que também mexeu no jogo e nota-se que é bem melhor que Mané) e por fim tirou Nani e colocou Capel.
Vitória justa e mais 3 pontos que nos faz pressionar o FC Porto que só joga amanhã e nos dá , também, 4 pontos de avanço sobre o Sp. Braga. 

Sem comentários :