segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Plágio Leonino: Isto é comunicar !!


O nosso Clube continua a provar que a comunicação do Clube funciona e funciona muito bem. 
Agora esperemos que o Jornal Record não invente nada sobre o Pavilhão João Rocha pois está tudo aqui explicadinho!
O comunicado do Sporting é claro como a água e gostava que os que criticam assiduamente, que falassem agora!
Leiam e aprendam: 

 "Comunicado Pavilhão João Rocha

No seguimento da apresentação do projecto do Pavilhão João Rocha, realizada na Assembleia Geral Extraordinária de dia 17 de Janeiro de 2015, o Sporting Clube de Portugal considera importante esclarecer alguns aspectos:
- A Obra – após concurso efectuado, a obra será adjudicada à empresa Somague, num regime de concepção e construção, sendo que a área para a edificação foi definida em acordo estabelecido entre anteriores Direcções do Sporting Clube de Portugal e a Câmara Municipal de Lisboa, estando a mesma inserida no Plano de Pormenor Alvalade XXI;

- O Edifício - a arena do Pavilhão João Rocha terá 4 bancadas e lotação máxima de 3000 lugares sentados. No edifício, também está definida uma área de 1000 m2 para implementação da nova Loja Verde e para a extensão do Museu Mundo Sporting;
- Extensão Museu Mundo Sporting – este espaço, dedicado à história do Sporting Clube de Portugal, com especial incidência nos principais títulos internacionais e nas figuras de relevo mundial, será dotado de tecnologias interactivas que permitirão aos visitantes conhecerem a história do Clube através de realidade virtual;

- Modalidades – o Pavilhão João Rocha permitirá a competição das seguintes modalidades: Andebol, Basquetebol, Futsal, Hóquei em Patins e Voleibol. Também está prevista a possibilidade de realização de outros eventos de natureza desportiva, recreativa e cultural;

- Estacionamento – este projecto terá zona para o estacionamento de veículos de suporte aos eventos, não sendo construídos lugares destinados ao parqueamento público;

- Campos de Futebol – está planeada a construção de três campos de futebol de 5/7, nas imediações do Pavilhão. Estes campos têm como grande objectivo, servirem a formação do Sporting, tornando-se assim complementares aos campos existentes no Polo EUL. Este tema em específico, já foi discutido e acordado com o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, estando neste momento sujeito à aprovação formal pelos Órgãos competentes;

- Cronograma previsto – as seguintes datas estão dependentes de vistorias e licenças emitidas por entidades externas, nomeadamente a Câmara Municipal de Lisboa, entre outras:

Entre Janeiro e Maio de 2015 - Fase de projectos e licenças de obra 
Junho de 2015 - Início da obra 
Outubro de 2016 - Conclusão da obra 
Novembro de 2016 - Vistorias e obtenção de licenças de utilização 
Dezembro de 2016 - Inauguração do Pavilhão João Rocha

- Missão Pavilhão – com a construção do novo Pavilhão João Rocha, as modalidades ficarão com duas infraestruturas que se complementam, ou seja, o Multidesportivo no Estádio José Alvalade, onde residirão cerca de 30, e o Pavilhão João Rocha destinado às restantes modalidades já referidas. 
Para este desígnio e porque o Multidesportivo carece de obras de restauração, a Missão Pavilhão continuará activa, mantendo-se a meta de alcançar 10 milhões de euros, com os seguintes destinos:

9.621.557€ - Pavilhão João Rocha
378.443€Obras de restauração do Multidesportivo

Com a Missão Pavilhão, o Sporting Clube de Portugal ficará novamente dotado de infra-estruturas dignas para as suas modalidades, voltando assim a ser possível, no mesmo local, viver e experienciar, dias repletos de Sportinguismo, junto ao Estádio José Alvalade."

Depois de ler este comunicado sei porque sou sportinguista e sei que temos direcção como nunca tivemos. 
O que esta equipa directiva está a fazer ao Sporting pode-se chamar de AMOR.
Isto sim é AMAR o Sporting. 
Desejar-lhe o melhor ;
Dotá-lo de todas as condições para que cresça e se torne adulto e maior;
Fazer com que o nosso Clube seja maior e melhor do que os outros;
Passar e "obrigar" a palavra de exigência para que cresçamos com vitalidade , autónomia e preparados para qualquer intempérie;
Pensar no Sporting como se de um filho se tratasse ;
Exigir dos sócios e adeptos coo-responsabilidade pelos sucessos mas também para quando for preciso ajudar;
Enfim......amá-lo como único.
Isto é Sporting e o que sinto é um orgulho enorme nesta direcção que está simplesmente, a reerguer o nosso grande Amor-o Sporting Clube de Portugal!
Obrigado direcção do SCP.

Sem comentários :