sábado, 6 de dezembro de 2014

Os "arranjinhos" que o casamento Benfica/FC Porto proteje

É mais um caso do nosso fantástico futebol Nacional. Deyverson e Miguel Rosa , dois jogadores formados no Seixal e emprestados ao Belenenses, foram impedidos de jogar hoje frente aos encarnados.
Para quê , então , convocá-los ??? Estão com medo de quê ??
E que tal regulamentar-se esta lei , doa a quem tiver que doer ? Ao menos não andaríamos aqui a inventar e a combinar por trás como se leis existissem.
É só mais uma polémica do nosso futebol porque ninguém quer regulamentar estas leis. 
Isto já acontece há décadas em Portugal e é muito utilizado pelo FC Porto. Agora há anos para cá, parece que como não os pode vencer juntaram-se a eles, os Lampiões , começaram a fazer o mesmo.
Na época passada , estes dois jogadores também não defrontaram os encarnados e este ano está , outra vez, a dar polémica. O pior é que para o ano que vem irá dar outra vez.....problemas.
Mas não nos ficamos pelo Benfica pois recentemente , Kléber, emprestado ao Estoril pelos tripeiros ........lesionou-se umas horas antes-que conveniente.
Então mas se andam a esconder e a combinar estas coisas ás escondidas levantam-se muitas dúvidas no que se poderá combinar mais e estarão com medo de algo.
A temporada passada , João Mário, mesmo emprestado pelo Sporting , jogou contra nós e é assim que penso que deveria ser. E seja pago pelo Clube de origem ou pelo outro Clube.
Esta época, Tozé, emprestado ao Estoril pelo FC Porto também jogou e marcou ao seu Clube de origem mas neste caso nem sei como o FC Porto se deixou enganar.
Jorge Jesus afirmou que em Inglaterra os jogadores emprestados não jogam contra os Clubes de Origem mas e então se um Clube tiver 5 ou 6 emprestados a outro e forem todos titulares, estes não poderiam jogar? Isto poderia servir para os Clubes mais poderosos conseguirem emprestar vários jogadores a uma equipa e depois colherem os lucros. 
Seria só mais uma forma de se desvirtuar o jogo. 
Lito Vidigal é enigmático e é claro que gostava que estes dois jogadores jogassem mas Rui Pedro Soares(SAD do Belenenses) já não pensa o mesmo. Estas duas posições explicam o que as pessoas que mais percebem de contabilidade e não de futebol podem causar ao desporto Rei.
É que Miguel Rosa foi titular em 10 jogos marcando 4 golos e enquanto Deyverson é dos melhores marcadores do Campeonato com 7 golos.
Que tal , estes ADAMASTORES, do nosso futebol regulamentarem estas leis em vez de andarem a estragar o nosso futebol? 
Infelizmente é esta escória que rege o nosso futebol há décadas e que o deixou chegar ao ponto que chegou.
Tenham vergonha na cara.........e em vez de andarem a fazer golpes de estado e a colocar presidentes na Liga que são paus mandados façam o que têm que fazer.
O que é certo é que os encarnados venceram e sem a participação destes dois jogadores no jogo. provavelmente tudo poderia ser diferente mas parece que o crime continua a compensar.
Que tal emprestar 6 ou 7 jogadores a uma equipa mas que não possam jogar com o seu Clube mãe??
Sem Miguel Rosa, sem Deyverson e com mais um lance Limpinho lá continua o colinho a uma equipa que pelos vistos depois de ter sido eliminada das provas europeias , agora precisa de ganhar.....á força.
Não há um fds em que não exista uma ajuda para esta equipa.
O futebol nacional joga-se num tabuleiro de xadrez e o Benfica em mais uma semana soube colocar as suas peças nos locais correctos.
Mas nós não estamos a dormir.........................

Sem comentários :