terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Marco Silva: "Futuro? Não sou eu que decido"


Marco Silva estava obrigado a falar ao jornalista no fim da partida que venceu por , 0-2 , e assim não furou o blackout decretado pelo Sporting.
O Sporting com os "reforços" de Bruno de Carvalho venceu o Vitória de Guimarães com muito empenho, garra, espírito de equipa e muita solidariedade entre todos os jogadores.
O Jornalista da TVI24 insistia numa melhor resposta á pergunta sobre a sua continuidade e Marco Silva voltou a responder o que sabe: Que o futuro não é ele que decide!
Claro que sim, quem manda é o presidente e esta resposta deixa-nos a pensar ainda mais , porque seria importante saber o porquê deste clima de tensão.
Partimos do principio de que o treinador não deseja sair pois responde: "Apoio? Sinceramente, isso não é o mais importante. Há decisões que não sou eu que tomo. Estou da mesma forma que estava quando entrei neste grande clube, com a mesma paixão. Sinto o apoio dos adeptos diariamente, é o que me faz trabalhar cada vez mais. As outras questões não é a mim que têm de perguntar. Está na hora de respeitarmos os adeptos do Sporting, que todos os dias lêem coisas nos jornais que não são agradáveis. Eu importo-me com o que eles têm passado nas últimas semanas, principalmente na última semana. Não vou contribuir para isso."
Com um blackout decretado ,e pelos vistos estará para durar , vamos andar sempre nestas andanças como se fosse o gato atrás do rato. Nem sei se frente ao Estoril Praia teremos comentários a seguir ao jogo e então mais burros ficamos.
No meu post "Bruno: A tua decisão será a minha." eu peço uma conferência de imprensa de ambos a colocar os pontos nos i´s para baixar a temperatura no Sporting.
No entanto, Marco Silva , que tem recebido apoios de todos os lados do nosso Clube aproveitou para pedir apoio frente ao Estoril: "Queria aproveitar para pedir aos adeptos para estarem em peso em Alvalade no sábado. Vai ser um jogo muito difícil, por isso o apoio deles será muito importante. Teremos de ganhar o jogo, e de certeza que, com uma boa moldura humana, com adeptos exigentes e a prestar um apoio fantástico, seremos mais fortes."
Marco Silva, nota-se que está cansado e farto desta "temperatura" e também quer colocar ponto final nestas perguntas da treta que lhe perguntam porque está sisudo: "Por vezes estou mais passivo. Estou concentrado no jogo e no trabalho dos meus jogadores. Não há introspecção Está mais do que na altura, pela dimensão do clube, pela massa adepta do clube, de pararmos um pouco com a história de que o treinador está sisudo. Há mais coisas para ver no jogo do que a cara de um treinador. Isso não me parece ser o mais importante".
Já sobre o jogo: "Viemos para discutir o jogo. Foi um encontro difícil, em que tivemos de actuar de uma forma diferente daquela a que estamos habituados. Sabíamos que tínhamos jogadores com pouco ritmo, até mesmo os jogadores que actuam na equipa B têm um ritmo diferente. Em alguns momentos o Vitória esteve por cima, mas nós estivemos sempre coesos e fortes".
A tirar destas suas palavras é que apoio do presidente tem sido muito pouco ou mesmo....nada. Estão zangados ? Sim, é quase certo mas .......para quando o final desta estupidez ?

Sem comentários :