quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Jornada Champions(6ª):Leão pouco feroz(3-1)


Acabou o sonho de continuar na prova Milionária pois caímos aos pés do poderoso Chelsea, mesmo no ultimo "round".
Bastava um ponto mas por um ponto se perde, por uma penalidade se perde e por erros se perde. Esta foi a nossa realidade.
Mas o Sporting merecia ter passado á próxima fase pois fomos , sem dúvida, melhores que os outros dois adversários. No entanto o jogo de Gelsenkirchen foi fundamental. Quem lucra é a Gazprom !!
O Leão , com este desaire por, 3-1, sai de cabeça levantada da prova mas quanto ao jogo .....poderíamos ter feito melhor.
Marco Silva não escondeu a ambição de passarmos aos oitavos-de-final da prova mas a equipa era forçada a alterar o seu onze base e a começar mal um jogo onde não se podia errar.
Marco fez alinhar : Rui Patrício, Esgaio, Maurício, Paulo Oliveira, Jonathan, William Carvalho, Adrien, João Mário, Carrillo, Capel e Slimani.
Como podemos ver : Cédric , castigado deu o lugar a Esgaio; Jefferson , lesionado deu o lugar a Jonathan; Nani , lesionado deu o lugar a Carrillo e por fim Capel surgiu na vez de Mané.
E a equipa começou logo por sofrer um golo , aos 8 minutos, de penalidade , que para mim foi muito forçada porque se fosse contra o Chelsea não a marcava. O Sporting acusou o golo e não conseguia colocar a bola no chão e sair a jogar. Daí ter surgido o 2º golo passados mais 8 minutos.
Para uma equipa , desfalcada e a precisar de não errar não poderia ter começado ...pior.
A partir do 2-0 reagimos e fomos bem melhores. A bola começou a fluir, o nosso meio campo começou a ganhar 2ªs bolas e a lateralizar o jogo e quando chegava a Carrillo era um perigo para a defesa contrária. O peruano tinha o papel de Nani e pode-se dizer que o cumpriu bem. Era ele , o único, que desequilibrava no um para um , era ele que ia á linha cruzar e era ele que conseguia entrar na defesa azul.
Portanto foi uma 1ª parte muito fraca do Sporting que parecia estar á espera de um milagre.
A 2ª parte foi bastante diferente da 1ª. 
Praticamente entrámos com o golo de Jonathan Silva e entrámos na decisão do jogo. Acontece que passados 6 minutos do nosso golo o srº árbitro inventa uma falta junto ã linha , livre marcado e golo do Chelsea. Acabaram ali as nossas esperanças mas ainda fizemos por isso.
Logo de seguida, trocámos Capel por Mané e William por Montero e passámos a 4-4-2 que tão bem sabemos aplicar em campo. Era um risco assumido mas não tínhamos nada a perder. Ainda trocámos João Mário por André Martins para dar mais frescura ao nosso meio campo, que o conseguimos , mas já era tarde.
Nesta 2º parte tivemos alguns lances de perigo junto da baliza de, P. Cech , mas sempre resolvidos ou por este ou pela defensiva azul.
No geral fomos pouco agressivos ao ponto de fazermos poucas faltas(Maurício quase nem as fez), deixámos os azuis trocarem a bola e ás vezes lentamente; não conseguimos recuperar muito jogo e raramente conseguimos criar lances de perigo iminente. 
Perdemos o jogo com a falta de agressividade defensiva: Esgaio na sua 1ª falta ofereceu o golo; no 2º golo demos muitas facilidades a rematador da bola e no 3º ninguém marca.
Obviamente que o nosso ponto fraco era a lateral direita e o Chelsea sabia disso e daí, dois golos saírem deste lado.
Individualmente: Patrício fez duas grandes defesas e não tem culpa nos golos: Esgaio foi o pior elemento do Sporting e não se soltou.Acusou a inexperiência. Maurício foi guerreiro com Diego Costa e Paulo Oliveira está um senhor central. Jonathan Silva fez uma grande exibição:marcou o golo dos Leões, correu o flano todo, cruzou, rematou á baliza e não comprometeu em nada. Muito bem.
William C. ainda não se encontrou e ontem esteve mais uma vez apagado, Adrien não foi tão influente mas mesmo assim um lutador; João Mário não fez um bom jogo: não conseguiu progredir nem desequilibrar; Capel foi uma nulidade e quando teve hipótese de criar perigo não foi capaz , Slimani foi mais uma vez um lutador mas esteve muito nervoso, parecia que a bola picava e só num cabeceamento criou real perigo. Por fim Carrillo que volta a ser o melhor em campo. O peruano esta numa forma fenomenal pois está um senhor jogador. Cria pânico nas suas arrancadas, ninguém sabe para onde dribla e sabe cruzar. Tentou pegar na bola e fazê-la girar pela equipa mas houve seguimento. O melhor e a aguardar pela renovação!!
Vamos para a Liga Europa mas com a certeza de que merecíamos ter passado ....na Champions.
Força Sporting

Sem comentários :