terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Eis......a 1ª decisão da época


Eis, chegada a 1ª decisão da época 2014/2015 com um jogo frente ao todo poderoso Chelsea, de José Mourinho.
É já amanhã o jogo que nos pode galvanizar para um resto de uma grande época e para uma campanha sem precedentes na Melhor Liga do Mundo - a Champions.
Sabemos da nossa história, da nossa qualidade e com quem vamos jogar mas não temos medo porque o nosso futuro vai ser este ......jogar com os melhores.
Marco Silva não quer jogar para o empate pois quem joga assim são os Clubes pequenos: "Temos a noção do adversário que temos pela frente, que nos vai obrigar a estar focados ao máximo no jogo, obrigar a muita concentração e a disputar o jogo nos limites. Sabemos que 1 ponto garante o objectivo, mas não sabemos jogar para o empate. Empatar seria excelente, mas não será com esse objectivo que iremos entrar no jogo."
Melhor não podia de falar do nosso técnico pois a ambição comanda o sonho e amanhã seremos nós próprios: "Pressão? Nenhuma, sinceramente. Estou satisfeito com aquilo que temos feito. Será o jogo mais importante, que irá decidir o apuramento. Não está em causa o treinador, mas sim o Sporting e a nossa grandeza. Seria muito importante. Não foram assim tantas as vezes que chegámos aqui. Só conseguimos passar uma vez desde fase neste formato e seria fantástico para o clube. Mas claro, prestigiante para o treinador e jogadores. Seria um momento marcante e iremos lutar por ele até ao último minuto".
Os objectivos do adversário já estão concretizados mas não desejam perder a partida, isso é certo. No entanto o treinador português, dos londrinos deseja que o SCP passe á próxima fase da prova: "O Mourinho já tinha expressado esse desejo em Lisboa. Tinham-lhe perguntado algo parecido e ele disse que queria ser primeiro e o Sporting ser segundo. Não é novidade. Mas sabemos que amanhã quererá ganhar e nós também queremos fazer de tudo para seguir em frente."
Marco Silva que convocou 20 jogadores: Rui Patrício, Marcelo Boeck, Ricardo Esgaio, André Geraldes, Maurício, Paulo Oliveira, Naby Sarr, Jonathan Silva, William, Oriol Rosell, Adrien, Slavchev, João Mário, André Martins, Carrillo, Carlos Mané, Capel, Montero, Tanaka e Slimani, para a última jornada do Grupo G da Liga dos Campeões salientou que : "Ninguém acreditava que neste jogo estivéssemos a discutir a passagem. Neste momento, apenas garantirmos a Liga Europa e esse era o nosso mínimo mas temos o objectivo bem claro. Queremos que amanhã se faça justiça por tudo o que o grupo fez na Champions. Mesmo partindo do pote 3, esta equipa provou ser a segunda melhor, atrás do Chelsea."
Amorsporting afirmou que o técnico português do Chelsea iria efectuar uma mudança grande na equipa e continuo a pensar o mesmo mas também disse que não poderíamos preparara um jogo a pensar desta forma. Marco Silva prova que é assim mesmo: "Não vale a pena falar sobre o onze do Chelsea. A verdade é que não falamos das nossas baixas e não é só Nani, mas Jefferson e Cédric, por exemplo. Sabemos a valia dos que não estão cá connosco mas pode servir para os outros apareçam. Quem sabe se os jogadores que entrarem irão ter um grande jogo. O grupo tem dado uma resposta excelente e independentemente dos jogadores do adversário são todos excelentes. O Chelsea é sempre complicado, ainda mais em casa. Nenhuma equipa portuguesa ganhou aqui e duvido que tenham pontuado. Só aí demonstra bem o perigo desde jogos. Temos de respeitar o Chelsea e ter humildade de reconhecer que é um adversário de enorme valia. O Chelsea é uma das três ou quatro equipas que podem ir longe. Temos de respeitar a nossa identidade e sabemos que o adversário vai nos impedir de jogar sempre como gostamos. Não podemos deixar de ser uma equipa muito solidária e queremos uma equipa que lute até ao último minuto". 
O Chelsea - Sporting realiza-se amanhã , ás 19h45, em Stamford Bridge e Marco Silva pode ser o 2º treinador a conseguir levar o SCP á 2ª fase da Liga dos Campeões.
Pois bem , o empate serve mas o Sporting nunca joga para empatar e esse tem que ser o ADN do nosso Clube mas neste caso mesmo que percamos ainda nos podemos qualificar , se os alemães , não vencerem em Maribor. Mas, para que não exista interferências do jogo da Eslovénia, Marco Silva afirma que os jogadores nem vão saber o resultado do outro jogo: "O futebol é muito complicado. O resultado que conseguirmos amanhã, sabendo que pontuar garantimos o apuramento e aí não temos de esperar pelo outro resultado. Queremos uma equipa que, se o resultado não estiver positivo, seja capaz de lutar para o reverter. Os jogadores não terão informação durante o outro jogo. É mais importante controlar o nosso jogo e o nosso adversário, que certamente irá causar muitas dificuldades. São problemas a mais para pensar no outro jogo. Iremos ver no final o outro resultado..."
Apesar de não jogarem: Cédric, Jefferson e Nani, os jogadores do plantel ainda acreditam na qualificação.
Montero , avançado dos Leões , sonha em marcar o seu 1º golo na competição:"Costumo dizer que a bola pode entrar a qualquer momento e estou aqui para ajudar a equipa. Ainda não marquei na Champions mas sonho com isso. Estou confiante que amanhã vou marcar.
E nem a temperatura nem terem prescindido de treinar em Stamford Bridge antes da partida , será empecilho para o Sporting: "Treinámos esta manhã e achamos que o facto de não ter havido treino não vai mudar nada. A temperatura é igual para ambas as equipas, mesmo estando eles mais habituados. Vamos estar preparados para o que se passar no jogo."
Quanto a Slimani: "Chegámos aos sete pontos e ainda podemos alcançar o próximo patamar. Ainda nos falta mais um jogo que vai ser muito difícil de concretizar. No entanto, vamos dar tudo por tudo para nos qualificarmos para a segunda fase." 
O ponta-de-lança fala em tempos difíceis mas que agora está num momento muito bom: "Estou num momento positivo, marquei oito golos contando com a Liga dos Campeões. Penso que tem estado a correr bem e espero que continue assim. Mas para mim o mais importante é ajudar a equipa e ganhar. Quando cheguei ao Sporting, os primeiros tempos foram muito difíceis, mesmo muito, até porque foi a primeira vez que saí da Argélia. Não conhecia a língua, é outra cultura. Agora já estou melhor."
Por fim destaca o nosso técnico: "A equipa não alterou muito. Mudámos o treinador mas mantivemos os mesmos métodos. Para mim o Marco Silva é um grande treinador, está perto dos jogadores e fala com eles. É um método a seguir."

Sem comentários :