domingo, 2 de novembro de 2014

Jornada do LEÃO(9ª):Sporting prolonga Halloween(3-0)


O Sporting confirmou a tradicional dificuldade de jogar em Guimarães. É certo que não perdíamos , lá, desde 2008/2009 mas jogar tão mal, ninguém estava á espera. Foi a 1ª derrota da época e logo por , 3-0, frente ao Vitória de Guimarães.
O Sporting , simplesmente, foi........... zero!!
Marco Silva apresentou o onze do último encontro : Rui Patrício, Cédric, Maurício, Paulo Oliveira, Jonathan Silva, William, Adrien, João Mário, Nani, Carrillo e Montero mas a equipa mostrou-se muito nervosa e sobretudo Maurício, que começa a não deixar dúvidas de que precisamos mesmo de um grande defesa central.
Simplesmente, estivemos irreconhecíveis pois o Vitória parecia estar a fazer o jogo da sua vida.
de qualquer forma fizeram o seu papel e que bem que o fizeram.
Os Leões não conseguiram fazer uma boa jogada , erraram muitos passes, não pressionaram e quase nem remataram á baliza do adversário.
Na 1ª parte a nossa actuação foi vergonhosa! 
O Vitória surgiu muito pressionante , obrigava o SCP a errar muito, ganhava as 2ªs bolas todas e colocava todo o seu jogo nos extremos. Foi assim quase o jogo todo.
Nós ainda tentamos aparecer mas os passes errados, a precipitação, a desconcentração, a lentidão e o futebol enrolado deitavam tudo a perder.
O 1º golo aconteceu , então, em mais uma desatenção da equipa. Canto cobrado na direita do ataque vitoriano para trás, este jogador não foi marcado por ninguém pois estava tudo a dormir, a bola é cruzada para o 2º poste e ....golo. Tudo a dormir!!
Depois Adrien e William tentaram pegar no jogo mas este último está a anos luz do que sabe fazer e Adrien não consegue fazer tudo sozinho. O futebol era enrolado, lento e previsível e os laterais apareciam  raramente na frente. Só , aos 33 minutos o SCP conseguiu ir á linha fazer um cruzamento e só aos 37 minutos rematou á baliza de Assis. Incrível !! 
O Vitória recuou um pouco as linhas e partia em contra-golpes rápidos e sempre para os extremos. Era fácil marcar o Sporting.
Aos 41 minutos mais um erro defensivo e do.....auxiliar. dois jogadores do Sporting deixaram Hernâni cruzar para o 2º poste e João Afonso, em fora-de-jogo não de milímetros , cabeceou e Maurício não conseguiu cortar a bola e acabou por fazer auto-golo.
O resultado ao intervalo não era muito justo mas a vantagem.... sim!
Na 2ª parte , o Sporting cresceu mas foi tão pouco que foi o Vitória a ampliar o marcador e a falhar mais umas quantas hipótese de golear.
Marco Silva tirou João Mário e Carrillo e colocou Slimani e Capel mas o que aumentou foram os cruzamentos para a área do adversário. Passámos a jogar em 4-4-2 com Slimani a juntar-se a Montero. Mas ....alguém viu Montero ?
Mais tarde entrou Mané pela vez de Montero mas quem falhava golos era o Vitória. 
No fim ainda apareceu o 3-0 de grande penalidade. 
resultado final justíssimo para uma equipa de meninos que também está a crescer mas que mostrou ser mais humilde. Foi a nossa 1ª derrota e que sirva de lição!
Individualmente , só vale a pena destacar Rui Patrício que impediu os números de serem maiores.
No fim,  o que fica são mais erros defensivos, desatenção, falta de concentração, capacidade física para responder ao pressing do Vitória e muito excesso de confiança.

Sem comentários :