quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Jornada Champions(4ª): Sporting vence Schalke 04 em noite mágica(4-2)


Noite mágica em Alvalade no regresso ás boas exibições e logo para a Champions. Os receios eram muitos mas a nossa equipa deu uma resposta cabal e afinal as criticas do Presidente fizeram....bem.
O Sporting precisava de vencer para acalentar a passagem á próxima fase da competição e foi o que aconteceu: Sporting-4 x Schalke 04-2. 
Grande jogo em Alvalade ! 
O jogo até nem começou bem para o SCP . Com o jogo controlado, Slimani fez auto-golo á passagem do 1º quarto de hora. Era azar demais!! 
Marco Silva tinha feito alterações na equipa. Jefferson regressou á lateral esquerda, Sarr regressou para central e Mané jogou na vez de Carrillo. O onze foi o seguinte: Rui Patrício, Cédric, Paulo Oliveira, Naby Sarr, Jefferson, William Carvalho, Adrien, João Mário, Nani, Mané e Slimani.
O Sporting intranquilizou-se com o golo do adversário e no pior momento da equipa ....golo do Sporting. Livre cobrado da direita do nosso ataque por Jefferson e Naby Sarr, de cabeça, oportuno , a empatar o jogo. 
O Sporting fez uma boa 1ª parte mas Nani não fazia correr o jogo, falhámos alguns passes , não éramos rápidos o suficiente para mudar de flancos , não rematávamos á baliza mas curiosamente fazíamos cruzamentos, tínhamos oportunidades de golo , jogávamos com confiança e tínhamos  mais posse de bola.
O jogo centrava-se muito no nosso meio campo e os alemães paravam o jogo , abriam a equipa e depois tentavam jogadas rápidas com a bola a começar num dos médios defensivos que recuava para vir buscar a bola. O SCP continuava a pressionar. 
A nossa equipa foi igual a si própria e pressionava em 4-4-2 com João Mário a chegar-se á frente e ao lado de Slimani. Acontece que isto abria um espaço de onde saia João Mário e o Schalke tentava começar tudo por aí. 
Mas não passou muito de intenções pois o Sporting iá dando para as encomendas.
Ao intervalo registava-se um empate a uma golo mas era injusto porque tivemos pelo menos 3 ocasiões de golo , no entanto falhadas.
Na 2ª parte o Sporting veio com mais disposição e chegou á vantagem por , Jefferson , aos 52 minutos num remate cruzado de fora da área. Grande golo de Jefferson no seu regresso á titularidade.
Di Matteo mexeu na equipa pois o Sporting instalava-se no meio do campo e tinha mais posse de bola. 
Depois....... um dos momentos do jogo , se não , o momento do jogo: Rui Patrício rouba a bola a Obasi que beneficiava de um ressalto de bola e ficava na sua cara. Poderia ter sido o 2-2. 
Marco Silva percebeu que era preciso fechar o jogo e então trocou Mané por Carrillo.
O peruano entrou aos 68 minutos e passados 4 minutos fez uma arrancada , entrou na área e ofereceu o golo a Nani. Era o delírio em Alvalade e quase a certeza de vitória. Mas......nada disso. O Schalke que fez entrar Boateng  e conseguiu reduzir a 2 minutos do final num golo em mais um erro defensivo.
Depois os alemães bombearvam bolas para a nossa defensiva mas numa bola longa , Slimani isolou-se, ganhou ao sprint ao defesa alemão e fechou a contagem do jogo: 4-2. Lindo !!
Entretanto já tinha entrado Rosell para segurar e dar mais força  ao nosso meio campo. Quem saiu foi J. Mário. 
Na 2º parte o SCP esteve bem e controlou melhor a bola. A equipa pressionou muito , os defesas centrais jogaram simples , os laterais foram muito ofensivos e muito importante não descuraram muito as suas costas, o nosso meio campo com estes três jogadores mostra que é um meio campo com muita qualidade, Nani começou mal mas acabou muito bem, Mané esteve um pouco apagado e falhou um golo de baliza aberta e Slimani foi incansável e matador.
Apesar de me parecer que o SCP a partir do 3-1 descansou um pouco, passou a controlar as operações , fechando no seu meio campo e depois em posse e quando podia saía em contra-golpe.
O Schalke não é uma equipa qualquer mas nós também não. Sentimos dificuldade nos lances de bola aérea e a defender entre linhas. Tem que existir mais coordenação entre os nossos centrais e William Carvalho pois Huntelaar e principalmente Max Meyer apareceram muitas vezes sem marcação. 
O melhor em campo, para Amorsporting, foi Islam Slimani. Marcou 2 golos: um em cada baliza , mas correu quilómetros a pressionar os defesas alemães, ganhou lances aéreos e tabelou. Realmente foi incansável.
Individualmente : Rui Patrício fez uma defesa muito importante e pode-se dizer que só fez essa defesa; Cédric esteve muito seguro e atacou bem falhando no 2º golo alemão; Naby Sarr jogou simples, marcou o golo do empate e esteve imperial no jogo aéreo; Paulo Oliveira apesar de algumas perdas de bola também esteve bem; Jefferson também foi dos melhores e esteve muito seguro a defender e para quem vem de semanas de lesão fez um jogo muito bom; William já esteve ao seu melhor mas tem que melhorar a defender; Adrien é um senhor jogador; João Mário esteve ao seu nível; Nani esteve mais apagado pois não correu muito para a frente mas teve exibição aceitável e marcou um golo; Mané fez algumas arrancadas e precisa de jogar mais e Slimani foi o melhor jogador em campo.
O Sporting vence justamente num jogo difícil e aumenta as esperanças de passar á próxima fase da Champions. Houve casos na partida mas depois do roubo de Gelsenkirchen tudo é possível.

Sem comentários :