sábado, 19 de julho de 2014

Taça de Honra AFL : Sporting vence Belenenses por 2-1.

Foto: jornal Record
O Sporting efectuou o seu 2º jogo particular frente ao Belenenses a contar para a meia-final da Taça de Honra da A.F. Lisboa. A vitória começou a sorrir logo na 1ª parte com golos de Wilson Eduardo e de André Martins. Dois belos golos: o 1º num ressalto de um canto, Wilson Eduardo , de 1ª , encheu o pé e fez um golaço. Minutos volvidos , na cobrança de um livre directo a castigar falta sobre o mesmo Wilson Eduardo, André Martins marcou um grande golo. Este era o resultado ao intervalo.
Marco Silva fez alinhar a seguinte equipa: M. Boeck, Cédric, Maurício, Dier, Jefferson, Uri Rosell, Adrien, A. Martins, Carrillo, Wilson Ed. e F. Montero. 
Já se notaram alguns pormenores tácticos e com algum sucesso. A táctica parece-me a mesma, ou seja, Uri Rosell é o homem que vem buscar jogo e que o distribui. Diga-se que o faz muito bem e nem parece que acabou de chegar. Boa técnica e visão de jogo, boa capacidade de passe e sobretudo rapidez de execução. Sabe ter a bola nos pés e não tem medo. Uri Rosell, nome que consta na camisola, é o médio defensivo da equipa.
Aqui surgia uma das duvidas da táctica de Marco Silva: 1 médio defensivo ou 2 ? Ainda bem que apostou em 1 só pois muitas das rotinas estavam já adquiridas. 
Uri foi o único reforço neste onze ...inicial.
Jefferson sobe muito no terreno e quando o faz Adrien substitui-o. 
Wilson Eduardo foi o melhor e mostra aos jornais que o dão fora do Sporting que é um grande jogador e que só tem que ficar no plantel.
André Martins também esteve muito mexido. 
Foi um Sporting quase igual ao da época passada que teve Boeck, Dier e Uri como únicas novidades. 
Muito notado foi o pressing alto exercido quando perdíamos a bola. Para 45 minutos foi muito bom.
Na 2ª parte muitas substituições: Geraldes, Paulo Oliveira, Slavchev, João Mário, Mané, Capel e Tanaka apareceram logo no inicio da partida e aos 60 minutos ainda entraram Mica Pinto e Rúben Semedo. 
Tacticamente foi o mesmo - só 1 médio defensivo e continuou a ser Uri Rosell(até aos 60m). Depois da saída do espanhol ,  R. Semedo ocupou o lugar. 
O Sporting adormeceu pois foram muitos jogadores novos ao mesmo tempo. Aos 86 minutos , Geraldes fez auto-golo e Abel Camará mesmo no ultimo minuto não empatou por uns meros centímetros. 
A equipa acusou pouco entrosamento, perdeu muitas bolas, deixou-se pressionar, recuou e Tanaka jogou sempre muito sozinho na frente.
Nunca é tudo mau e deu para tirar algumas ilações: Geraldes pareceu-me muito verde para o Sporting, Paulo Oliveira precisa de jogar mais, Rúben Semedo com muita vontade mas aquela não é a sua posição, Slavchev está a ambientar-se, João Mário confirma o talento mas não deu para muito mais, Capel esteve trapalhão, Mané entrou mal mas melhorou e Tanaka tem grande pé esquerdo mas precisa de ser mais apoiado mas não será bem um ponta-de-lança.
No final: Sporting-2 x Belenenses-1. Resultado justo.
Foi um bom ensaio mas como disse Marco Silva: "...sobretudo contente pela atitude dos jogadores. O objectivo é dar minutos aos atletas e melhorar o entrosamento. O jogo com o Benfica tem mais impacto mas é mais um jogo de preparação".
Agora venha o Benfica , na final do torneio que se disputará no Domingo ás 20:30, no Estádio do Restelo.

Sem comentários :