quinta-feira, 29 de maio de 2014

Marco Silva : "Mais importante do que reforços, é o que temos".


Marco Silva deu a sua 1ª entrevista , ao Jornal Sporting, e falou de alguns assuntos. O Treinador fala de um SCP sedento de títulos e que não foge a essa responsabilidade. A sua principal preocupação é preparar bem a época 2014/2015.
O técnico falou de reforços e elogia os 2 primeiros : "Sei que levantou alguma celeuma ter havido duas contratações antes da minha chegada, mas o Sporting tem uma estrutura para o futebol. Mesmo não estando por dentro destes processos, diria que se calhar depois podia não ser possível fazer essas contratações como tantas vezes acontece. Mas diria que conheço muito melhor um do que o outro. 
O Paulo Oliveira, sim. Não é por acaso que todos os clubes de maior nomeada estavam a seguir de forma atenta o seu percurso. É internacional português sub-21, tem um grande potencial e encaixa muito bem naquilo que pretendemos."
Quanto ao búlgaro Slavchev :
"É um jogador jovem mas que já fazia parte dos capitães. Mostrou uma capacidade goleadora fantástica para a posição em que joga. É um box-to-box com boa chegada à área, mas que terá o seu período normal de adaptação. Dentro da estrutura do meio campo que existe, e que deu uma resposta fantástica no último ano, vem para dar maior competitividade.
Não tiveram o meu aval mas são dois bons reforços. Houve um trabalho grande de pesquisa sobre os jogadores por parte do Sporting e penso que acertámos nos primeiros reforços." 
Mas , Marco Silva , moraliza quem já está no Sporting e William Carvalho é o exemplo: "O Sporting destacou-se este ano como um todo, desde o Rui Patrício até ao elemento mais avançado. Conseguiu jogar à Sporting, ser coeso e solidário. Talvez pela surpresa, porque muitos não conheciam ao certo o valor e potencial, houve um jogador que foi revelação, confirmação e talvez o melhor jogador da Liga: o William Carvalho. Mais importante do que reforços, é o que temos".
Falou , também , das excelentes condições que tem a nossa Academia , dos encontros para preparar a nova época, da aposta na formação, etc .
"É óbvio que há aspectos a melhorar, até porque o plantel que tínhamos era curto em termos de quantidade face aos desafios que temos pela frente. Qualidade temos, e isso deixa-me satisfeito, mas há sempre aspectos que tentaremos melhorar."
"Estamos a falar de um clube que tem uma das melhores escolas de formação do mundo, mas não acredito que vá apostar mais por ser um treinador jovem. Não vou muito pela idade, o fundamental é a competência, e quando temos camadas jovens deste nível a aposta é normal porque há muita qualidade e trabalha-se bem." 
Marco, aceitou também falar do convite endereçado pelo Sporting afirmando que foi fácil aceitar o convite : "Aceitar o convite foi muito rápido mesmo... Desde o primeiro momento em que o presidente me convidou para este projecto, não houve hesitação nenhuma. A minha concordância e o meu sim foram automáticos, não houve muitos aspectos a falar ou negociar. Isso mostra bem o prazer e o orgulho com que encarei este desafio para a minha carreira." 
Com a dimensão e o projecto do Sporting, a abordagem foi tão clara e objectiva que mostrou muita confiança em mim e no nosso trabalho. Não poderia pensar muito, até porque existem aspectos importantes para mim que nem consegui pensar, e a resposta foi imediata".
A estrutura que encontrou é a que o presidente sempre falou que seria : "a uma só voz". 
No fim a Liga dos Campeões .
"Será um momento fantástico para clube, adeptos e jogadores, que tanto lutaram para lá chegar. Mas devemos ter a consciência que estamos no pote 3, não será fácil. Temos de ver o que o sorteio vai ditar e pensar jogo a jogo, sabendo que estamos no nível mais alto da Europa. 
Devemos jogar sempre para ganhar, sabendo que existe uma possibilidade de continuar na Liga dos Campeões ou de passar para a Liga Europa. Ninguém perde nada sem jogar, e esse será o nosso lema."
Mais logo, mais pela manhã, estará nas bancas o Jornal do Sporting para poder ler mais da 1ª entrevista do novo técnico do Sporting.

Sem comentários :