domingo, 3 de novembro de 2013

Jornada do LEÃO: (9ª) Enorme Sporting vence Marítimo por 3-2

foto: LUSA
Estádio José Alvalade , 2 de Novembro de 2013, 20:15 e com cerca de 25.000 espectadores. O Sporting venceu o Marítimo por 3-2, num jogo muito difícil. Foi uma grande noite para os Leões que venceram , justissimamente, com muita garra. Leonardo Jardim fez 4 alterações no onze: E. Dier na vez de Maurício; Jefferson regressou relegando Píris: Vítor substituiu A.Martins e Capel surgiu por Wilson Eduardo. Eric Dier regressou á defesa central mas teve uns furos abaixo do que lhe é exigido. Maurício lesionou-se e não estaria a 100%. Vítor, também não deslumbrou ;  Jefferson regressou em grande e Capel também. O Sporting jogou assim: Rui Patrício, Cédric, Jefferson, Rojo, Dier, William Carvalho, Adrien, Vítor, Capel, Carrillo e F. Montero. A nossa equipa foi sempre a que teve as despesas do jogo mas os madeirenses pareciam Leões a jogar e devem ter feito o jogo da época. Madeirenses que jogaram , só, com 3 jogadores portugueses mas que não merecem o lugar que ocupam. Na primeira parte fomos muito previsíveis, lentos e incapazes de criar os desequilíbrios necessários. Capel inaugurou o mercador com um bom pontapé de fora da área mas o Marítimo deu a volta ao marcador com duas ofertas do sr. árbitro. No primeiro golo não há mão intencional e no segundo também não existe grande penalidade. Ao intervalo o resultado era tremendamente injusto.Na segunda parte o Sporting entrou super motivado e decidido a mudar tudo. Fomos conseguidos! Tivemos mais garra, mais intensidade, fomos mais rápidos , insistimos nas alas, boa posse de bola, grande pressing, enfim....fomos donos do jogo. De realçar que L.J. trocou Carrillo por Wilson Eduardo e a substituição resultou. Wilson , que é mais jogador que o Peruano, trouxe mais profundidade ao Sporting e combina melhor com Cédric, que também fez uma bela partida. Logo a abrir a segunda metade do jogo poderíamos ter empatado mas Montero mostrou-se muito perdulário. Até aos 65 minutos (entrada de Slímani) o Sporting jogou no habitual 4-3-3 mas a partir daqui passou para um 4-2-4 ou 4-2-2-2 , como queiram entender. William e Adrien tomaram conta do centro do relvado, Capel e Wilson nos extremos e Slímani ficou ao lado de Montero. A outra táctica , a  alternativa, até hoje tinha sido pouco testada e também porque não tinha sido muito precisa. Resultou! Passados trés minutos(68m) o Argelino empatou a dois golos. O SCP tinha mais tudo e chegaria á vitória mais que merecida numa grande penalidade sobre F. Montero convertida por Adrien. Passámos a jogar em superioridade numérica mas não marcariamos mais nenhum golo. O melhor jogador , para Amorsporting , foi William Carvalho mas também poderia ser Adrien. Se estes dois jogadores não forem á selecção qualquer coisa está mal. Devido ao empate do F.C.Porto estamos , outra vez, a três pontos do Líder. Também foi motivo de motivação para os jogadores do SCP pois este encontro efectuou-se antes. A pergunta que se faz é a seguinte: Porque , o SCP, não joga sempre desta forma? Amorsporting, reponde: Porque não se consegue jogar o jogo todo com esta intensidade. Tem que existir momentos de "pausa". Grande jogo , Sporting!

Sem comentários :

Enviar um comentário

Comente em AmorSporting: