domingo, 15 de setembro de 2013

# Jornada do Leão: (4ª) Olhanense-0 x Sporting-2

Fredy Montero marcou mais um golo e Capel foi o melhor em campo
O Sporting foi ao Sul do país, derrotar o Olhanense por 0-2 . Vitória justíssima de um SCP pressionante e ambicioso.O nosso clube iniciou o jogo, no estádio do Algarve, só com duas mudanças no seu onze habitual. Dier substituiu M.Rojo e Capel entrou pela vez de Carrillo. Em termos técnicos o também habitual 4-3-3 mas com as tais nuances de 4-4-2, a pressionar. Leonardo jardim escolheu o seguinte onze inicial: Rui Patrício, Cédric, Jefferson, Maurício , Dier, W.Carvalho, Adrien, A.Martins, Capel, Wilson Eduardo e F.Montero. O jogo começou dividido, pois o Olhanense fechava muito bem os espaços encurtando o espaço entre cada jogador o que dificultava a troca de bolas. Assim o SCP tem que privilegiar as laterais o que conseguia fazer sempre que era mais rápido. Ao intervalo o resultado, de 0-0, é injusto pois dispusemos de 4/5 oportunidades claras de marcar mas os remates ou saiam fracos ou por cima  da baliza de Ricardo. Portanto muita dificuldade de colocar a bola no relvado e de circulação e para comprovar a posse de bola ao intervalo era , só, de um ascendente mínimo para o SCP . O Olhanense também poderia ter chegado ao golo, o que seria injusto, pois num canto enviou a bola na trave e Rui Patrício evitou males maiores.Na segunda parte tudo foi diferente e o SCP dominou o jogo por completo. Os jogadores vieram do balneário muito mais pressionantes e chegaram ao golo , por F.Montero, aos 50 minutos. Lance precedido de fora-de-jogo pois , o colombiano, está um pouco adiantado quando A.Martins cruza. Era o mais que justo, 0-1. O Sporting nesta altura já era dono e senhor da partida: mais posse de bola e o tal futebol pelas laterais que aumentaram a partir do intervalo. Passados 9 minutos , jogada de insistência sobre o lado esquerdo e Wilson Eduardo a cruzar rasteiro para o golo de A. Martins. Capel por esta altura era o melhor jogador do SCP em campo. O espanhol não abusando dos dribles , levava a bola para a frente, combinava e bem com Jefferson, obrigava os adversários a pará-lo só em falta e cruzava a preceito. Teve oportunidade de marcar mas rematou fraco á figura de Ricardo. O Olhanense também poderia ter marcado mas foi mesmo só uma oportunidade. Rui Patrício não fez uma defesa. Vítor e Carrillo entraram , aos 70 minutos, por Capel e A.Martins e , aos 80 minutos saiu Adrien por Rinaudo. O Sporting ganhou bem e sem discussão. 

Sem comentários :

Enviar um comentário

Comente em AmorSporting: